1 de dezembro de 2008

UM POUCO BELOS...UM POUCO FERAS!

-
- Tais Luso de Carvalho
 

Com muita frequência nos deparamos com situações que não entendemos e que não encontramos explicações para elas. Por exemplo: nos deparamos, em nossos relacionamentos, com pessoas simpáticas, agradáveis, sociáveis e solidárias. Quando há reciprocidade, quando se deixa a mesquinhez de lado, o bom convívio impera.

Exitem pessoas com qualidades excepcionais: pessoas que reúnem generosidade, afeto, delicadeza, conhecimento, humildade... Mas, por outro lado, existe também o que faz parte do nosso  gene (gen): inveja, despeito, arrogância, mentira, hipocrisia, crueldade... E sentimentos assim não são compatíveis com um bom relacionamento. Fica uma situação ambígua: por um lado, o desejo de relacionar-se, por outro, o sentimento de cair fora. E isso existe nas famílias, na faculdade, no trabalho, no lazer . Presente em todos os setores.


Existem pessoas que não aguentam comparações: elas tem de ser as melhores, sua opinião tem de prevalecer. E a coisa vai ficando mais difícil. Quem perde? Muitos. Até os que não se envolvem no conflito ficam numa situação de constrangimento. Como em cima do muro não dá pra ficar... escolher um lado, torna-se difícil. E assim somos nós: criaturas de difícil entendimento e de difícil convivência.


Ontem, vendo a enchente no Estado de Santa Catarina - fui inúmeras vezes à Blumenau e Florianópolis - senti uma vontade de chorar ao ver o tanto que é comovente a solidariedade das pessoas, quando se abraçam num ato de agradecimento. Dá uma emoção forte ao ver milhões de brasileiros enviarem mantimentos, roupas, remédios... E muitos se deslocando, de outros Estados, com o objetivo de minimizar o sofrimento das vítimas.


O ser humano deveria ser sempre esse: aquele que ajuda,  que presta socorro, que se comove,  que chora. O que estende a mão. Mas não: aparecem os oportunistas que numa calamidade ainda saqueiam. Como daria pra chamar esta gente? De animais? Não...os animais não agem assim; eles são vítimas, também, de uma sociedade cada vez mais corrupta e cruel. E cada vez, aqui e acolá, vejo mais desgraça, e mais...e mais.


Então fica o mistério: afinal, como é esse ser humano? É o herói que salva, que comove, que chora, que acolhe, que doa órgãos, que constrói maravilhas, que pesquisa em prol da vida, ou o que engana, que trucida, que mata, que tortura, que crucifica, que trai, que aprisiona e que estupra até bebês?


Não sei. O que sei é que somos a única espécie que consegue ser bela e fera por prazer.
Nosso mundo está mais doente.

4 comentários:

  1. Eu vou usar as palavras de Caetano Veloso e em letras garrafais: SOMOS TODOS UNS BOÇAIS.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Cara Amiga

    O ser humano é tudo isso. Ele é ao mesmo tempo o humano e o seu contrário, como tudo na natureza pois se não houvesse o mal não teriamos como distinguir o bem. Na natureza tudo tem o seu oposto para lhe dar existência. Até o átomo é formado de campos opostos que se atraem em uma perfeita harmonia.
    Não há harmonia no mal, mas graças a ele existem as leis, a justiça, a religião e tudo aquilo que tenta anulá-lo. Se não houvesse o mal nada disso seria necessário.
    Bernardo
    Obs. visite meu blog www.quintanaeterno.blogspot.com
    um abraço

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho uma postagem que fala da humildade...eu acho que se encaixa aqui...
    E sobre tdo que esta acontecendo no mundo,estava previsto, e o homem só vem acelerando essas profecias...
    E sobre a solidariedade, como dizia Nelson Rodrigues: O homem só é solidário na alegria e na desgraça.
    Bjoca.
    Wal.

    ResponderExcluir
  4. LU MARIA13:40

    OI!JA DEI UMAS PASSADINHAS NO TEU BLOG PRA LER ALGUNS TEXTOS - MUITO BONS, POR SINAL! GOSTO DO JEITO QUE ESCREVE, DA HARMONIA DAS PALAVRAS, DA EXPRESSIVIDADE. TAMBEM ME SURPREENDI BASTANTE COM O EPISODIO DE SC, ESCREVI SOBRE ELE NO BLOG Q TENHO COM UMA AMIGA. BOM, SOU BAIANA E ME CHAMO MARIA. PRAZER! ATE A PROXIMA VEZ EM QUE VIREI AQUI - COM CERTEZA - PARA ELOGIAR TEUS BELISSIMOS TEXTOS. E QUANDO DESEJAR, EH SO DA UMA PASSADINHA NA CASA Q ESTAMOS CONSTRUINDO:

    http://sumidadeprerrogativa.blogspot.com/

    ResponderExcluir

MEUS AMIGOS - SUA ATENÇÃO...

1 - Este blog 'não envia nem recebe comentários anônimos ou ofensivos'. Meu e-mail está na guia superior, faça contato.

2 - Entrarei na página de comentários quando alguma resposta se fizer necessária.

3 - Meus agradecimentos pelo seu comentário, sempre bem-vindo.


Meu abraço a todos.
Taís Luso