30 de julho de 2022

DIEGO CASAGRANDE - DEZ COISAS QUE APRENDI ...



Nascimento De Um Novo Homem - Salvador Dali / 1943



 
                  10 COISAS QUE APRENDI EM QUASE MEIO SÉCULO: 
                                                
                                               -  por  Diego Casagrande



Hoje trago ao Porto das Crônicas uma postagem muito interessante e objetiva do excelente jornalista, radialista, escritor, cronista e palestrante brasileiro, Diego Casagrande, formado pela PUC/RS em 1993 e, desde 2018 radicado com sua família em Orlando / Flórida – EUA.

Diego reúne as 10 condições para sermos um pouco mais felizes nessa vida, por vezes muito conturbada. Cada vez mais difícil de convivermos.

Aqui em casa o acompanhamos  no seu programa diário na Radio Band News FM 99.3 das 9:30 às 10:30 hs. Jornalista gaúcho, âncora de um programa do Brasil no exterior, ele da Flórida / EUA e aqui  seu parceiro de rádio, o jornalista Gilberto Echauri, na Band News de Porto Alegre. Um programa leve, onde fala de tudo, da vida, de política, da tristeza, da felicidade e de suas experiências nos EUA.

Já conhecemos essas 10 atitudes básicas, parecem tão simples, mas é difícil de cumpri-las, está cada vez mais difícil a convivência entre as pessoas, principalmente a de número 10... por vezes não tem como mantermos o equilíbrio diante de certas situações que já vêm com certa agressividade. Na verdade, estamos  perdendo a trava e a capacidade de raciocínio: falamos  e depois de muito tempo, pensamos sobre o estrago  feito e que não conseguimos contornar. E deixamos pra lá... E assim segue a vida.

Então vamos lá:


1 – Não adianta se lamentar.

2 – A sorte só aparece para quem está no jogo

3 – Invejosos estão por toda a parte. Siga em frente apesar deles.

4 – Suas derrotas se transformarão em vitórias com o tempo se você aprender com elas.

5 – Há o tempo de semear e o de colher. Tenha paciência, mas não deixe de agir.

6 – Dedique uns minutos por dia para meditar e limpar a mente. Feche os olhos, respire fundo e pense só coisas boas.

7 – Sempre existirão pessoas que não gostarão de você, com ou sem motivo. Azar delas.

8 – Seja aberto e cooperativo, mas não permita que abusem de você.

9 – Amigos de verdade existem poucos. Não é difícil saber quem são.

10 – Explodir nunca é a melhor saída. Você pode dizer quase tudo de forma calma e respeitosa. Aliás, é sempre o melhor a fazer.  

(Diego Casagrande).



Instagram: @diegocasagrande

Twitter: @diegoreporter



< comovente >

Aplausos, Diego!







42 comentários:

  1. Muy buenos consejos. Te mando un beso.

    ResponderExcluir
  2. Taís,
    Apreciei todos as 10 dicas.
    Porém a última, apesar
    de em minha opinião
    ser a mais difícil é a que
    me rege. Com o tempo e com
    a Vida tenho exercitado
    e tem dado certo.
    infelizmente fui adestrada/ensinada
    a calar e engolir, há 16 anos
    faço uso desse exercício.
    Ainda as vezes dou umas
    recaídas, mas são poucas.
    Adorei a publicação
    e vou conferir a sugestão.
    Desde que Ricardo Boechat
    nós deixou, fiquei meio órfã
    no jornalismo desse gênero.
    Bjins e feliz domingo
    com excelente semana nova.
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taís, esqueci
      de dizer que amo
      essa obra de Dalli.

      Excluir
  3. Dearest Taís,
    Wise words of wisdom!
    Hugs,
    Mariette

    ResponderExcluir
  4. um lindo e feliz domingo com muito Amor e Saude bjs

    ResponderExcluir
  5. Bom dia, querida Taís.

    Não sendo estes dez conselhos algo novo, que nunca tenhamos ouvido, não deixam de vir confirmar que a sorte não é um acaso na vida das pessoas, que a inveja ao pé da porta não medra nem deixa medrar, aqui até temos um ditado popular que diz: "Nunca o invejoso medrou nem quem ao pé dele morou", logo, devemos prosseguir o nosso caminho, apesar do seu 'olho gordo'. E, por aí fora.
    Contudo, é sempre bom reafirmar estes pontos importantes para se ter uma vida serena, tranquila e de bem connosco e com os demais.
    Exemplos de vontade de viver, apesar dos infortúnios da vida, como o que o jornalista nos relata, vêm confirmar o quanto nos lamentamos de 'barriga cheia'.
    Resumindo, minha amiga; mais uma boa Crónica para que, ao reflectir, possamos medir e pesar o nosso comportamento em relação ao outro.

    Gostei muito deste "Nascimento De Um Novo Homem " de Dali, que nasceu muito antes de mim.
    Deixo um forte abraço com votos de muita saúde, paz e amor.

    ResponderExcluir
  6. Bah, fazia tempo não via, lia ou ouvia nada de Diego. Nem sabia que estava forra. Gostei das dicas e lendo são bem práticas e fáceis, quase como sempre praticamos, né? Vamos seguindo! Lindo domingo e semana! beijos, chica

    ResponderExcluir
  7. Todos nós temos algo a acrescentar nessa listinha. Com meus 50 anos, acho que teria algo a dizer de proveitoso, mas não irei. Gostei muito dos conselhos dele, principalmente o número 6, e acho que cabe ali aquela frase "a fé remove montanhas, mas não esqueça de empurrar enquanto reza".
    Um beijinho e boa semana

    ResponderExcluir
  8. Tanta sabedoria em tão poucas frases!
    Foquei principalmente:
    "Seja aberto e cooperativo, mas não permita que abusem de você".
    E tento todas as manhãs:
    " Que eu faça hoje uma coisa boa de que possa lembrar à noite"
    Obrigada Taís por tão boas ideias.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  9. Tais, comecei pelo vídeo, que muito me sensibilizou. É esse amor à vida que impulsiona os que passam por situações e perdas irreparáveis. Sempre aplaudo os que, com extremas dificuldades físicas, seguem sem reclamar e conseguem vitórias inimagináveis. Creio que todos reclamamos muito, e por bobagens.
    A obra que utilizou para ilustrar a postagem é magnífica.
    As colocações de Diego, objetivas e até de aparência simples, são, muitas vezes, pedras em nossos caminhos, por não atentarmos para a importância de certas atitudes que tomamos. Um aprendizado que deveriamos abraçar, ainda que com certo esforço. Tenho que confessar que dizer tudo de forma calma não é meu forte e vivo me policiando O respeito, tenho, mas minha reação diante de algumas ocorrências não é revestida dessa calma. E aprecio quem consegue fazê-lo. Amei sua crônica. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  10. Olá, querida amiga Taís!
    "Suas derrotas se transformarão em vitórias com o tempo se você aprender com elas."
    Assim se dá a resiliência em nós.
    Gostei muito da que fala da inveja também. Vamos seguindo, apesar dela. Deus é Mais.
    Você traz substanciosas abordagens para cá.
    Tenha uma noca semana abençoada, amiga!
    Beijinhos 💐

    ResponderExcluir
  11. Bom fim de julho e feliz agosto Taís.
    A vida pode ser muito boa e simples de atravessar, se nos permitimos parar e pensar sempre em cada movimento de nosso dia. Coisas pequenas nos causam transtornos e nos tiram do prumo e perdemos o rumo. Amar e amar a vida, plantar e saber o tempo de colher, reconhecer no outro o eu e assim assimilar a grande magia da empatia.
    Beleza de vídeo neste encontro, onde o sentimento dó é atropelado pelo amor à vida.
    Então vamos que vamos pela vida com muita arte e coragem.
    Beijo de paz e feliz semana.

    ResponderExcluir
  12. Saliento uma:
    9 – Amigos de verdade existem poucos. Não é difícil saber quem são.
    Tenho a sorte de ter alguns.
    De sempre e para sempre.
    Beijo, boa semana

    ResponderExcluir
  13. Dez bons princípios de vida.
    Gostei, obrigado pela partilha.
    Boa semana, amiga Taís.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  14. Great article. Have a nice day

    ResponderExcluir
  15. Nesses dias polarizados, onde as pessoas são adestradas a ser isso ou aquilo, é bom despertar para romper o artificial círculo vicioso que intentam colocar nas mentes. Já passou da hora de se buscar o ponto de equilíbrio e lembrar que, ser racional, é ser muito diferente do que se anda vivendo nesses dias esquisitos. É sempre bom, relacionar, pontuar caminhos que estão ao alcance de quem queira buscar para si e para a vida o melhor.

    Um abraço. Tudo de bom.
    APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Taís.
    Muto obrigado por nos brindar com tão profundas,
    belas e assertivas pontuações do eminente jornalista
    Diego Casagrande. São reflexões incontestáveis, as
    quais, uma vez absorvidas, se constituem em princípios
    que nos levam, infalivelmente, às vinhas do bem para
    as quais fomos criados.
    Fique com meu abraço cordial e votos de uma semana
    promissora e feliz.

    ResponderExcluir
  17. Los diez puntos los veo maravillosos y son una realidad, incluso algunos más se podrían incorporar, pero esos diez son precisos y de esos diez el único que casi nunca puedo cumplir es precisamente el n.º 10, el temperamento a veces es superior y sintiéndolo mucho rompe mi esquema.
    Un gran abrazo Taís y buen mes de agosto.

    ResponderExcluir
  18. Gostei de ler estas sugestões, mas em relação à nº.10, opto sempre pelo silêncio.
    Uma boa semana!

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde Taís,
    Atitudes básicas muito importantes para vivermos com mais paz e acreditando que a vida é linda e que, com resiliência, tudo se torna mais fácil.
    Por vezes esquecemos algumas e tudo parece mais difícil, mas ouvindo esse depoimento de Diego Casagrande nos sentimos tão pequeninos e pensamos como nos preocupamos com coisas tão simples....
    Obrigada por esta maravilhosa e oportuna Crónica!
    Beijinhos e uma boa semana, com muita paz.
    Ailime

    ResponderExcluir
  20. Junto os meus aplausos aos seus, minha amiga.

    As pistas dadas nem são complicadas, mas a última exige um certo esforço face a pessoas que são agressivas por natureza.

    Querida Taís, beijinho e que Agosto lhe seja favorável

    ResponderExcluir
  21. dez "mandamentos" que para mim valem uma missa ... rss
    Beijo amiga
    saúde..

    ResponderExcluir
  22. Em 50 anos só aprendeu 10 coisas? Hummmmmmm muito humilde.
    Gostei de ler.
    .
    Feliz semana… abraço poético
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  23. Dicas muito sábias do Diego Casagrande. Colocar em prática no dia a dia tornam os dias mais felizes e leves, certamente.
    Bom Agosto, Tais. Bjs

    ResponderExcluir
  24. Uma crônica crônica. É tudo tão evidente, a um palmo do nosso nariz. Boa noite, Tais.

    ResponderExcluir
  25. Bons conselhos para a vida!... O difícil mesmo é lembrar de alguns, no calor do momento, nomeadamente o último... em clima de confronto ou provocação...
    Nunca é demais termos uma retrospectiva das melhores dicas, que nos ajudam a viver melhor...
    Todos os nossos aborrecimentos poderiam ser tão relativizados... mas é essa a natureza do ser humano... o confronto e a competição. Lembrei daquele ditado oriental... chorava por não ter sapatos, até ter encontrado alguém que não tinha pés...
    Beijinhos, Tais! Feliz semana! Aqui... acho que em breve andaremos por aqui a tentar a dança da chuva... o clima mudou mesmo neste Verão abrasador, seco e saturante... não adianta nos lamentarmos... mas devemos saber referenciar o que nos incomoda... senão os demais poderão não adivinhar o contexto de nossos aborrecimentos...
    Feliz Agosto, com saúde para todos aí desse lado!
    Ana

    ResponderExcluir
  26. " E assim segue a vida ", não nos dando a oportunidade de voltar para trás e fazer tudo diferente. Só nos permite ir atrás em pensamento, observar os erros cometidos e tentar corrigi-los. Com o passar do tempo vamos modificando a nossa maneira de ser; já tive " a lingua muito perto da boca " , mas agora penso muito mais antes de deixar sair as palavras, porque cheguei à conclusão que dizer o que pensamos muitas vezes causa-nos grandes problemas ; estou muito mais equilibrada até mesmo nos lamentos. Não adianta nada e, se olharmos à nossa volta " com olhos de ver", aprendemos que, apesar das nossas dores, há muito mais sofrimento, com crianças a morrer de fome, em guerras e outro tipo de violência, assim como pais que sofrem horrores por não terem um pão para os filhos, enquanto nós desperdiçamos com tamanha abundância. Quanto aos amigos, Taís, sei que tenho poucos, mas tenho a certeza que esses poucos estarão sempre prontos a dar-me a mão quando preciso de ajuda para me levantar. Conhecidos são " mais que muitos ", mas de pouco servem, nem mesmo para uma conversinha numa esplanada de café. O video que nos mostras comoveu-me muito e é mais um testemunho que nos tem de levar a reflectir na maneira como encaramos os problemas da vida, às vezes tão pequeninos. Se, com pessoas como esta jovem, nós não aprendemos nada, Amiga, então estamos perdidos; morreremos sem termos vivido, sem termos aproveitado os pequenos gestos, as pequenas belezas, a convivência com os bons AMIGOS que temos conquistado. Estas pequeninas e belas vivências são o " êxito " que devemos procurar alcançar todos os dias; o resto de pouco vale. Espero que a vida me permita mais um tempinho por cá para continuar a aprender, tornando-me assim um ser cada vez melhor. Obrigada, Amiga, por teres contribuido para que, hoje aprendesse mais um pouco. Obrigada também por seres minha AMIGA . Beijinhos
    Emilia 👏 🙏

    ResponderExcluir
  27. Olá Taís,
    Uma crônica muito oportuna aqui nos traz.
    Sem dúvida alguma, que estes conselhos/conceitos, de Casagrande, são sensatos e dignos de aplauso.
    Excelente partilha!
    Continuação de ótima semana, com muita saúde.
    Beijinhos.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Una magnífica crónica.
    Desde mi lugar de descanso, te dejo un abrazo grande.

    ResponderExcluir
  29. Oi Taís são atitudes valiosas e boas para quem praticar, estou almejando ser paciente, falar com calma, tranquilamente e não me deixar abater com os reveses da vida.
    Beijos,Vi

    ResponderExcluir
  30. Oi Táis
    Nunca consigo terminar de ler um livro de auto ajuda rs , porque as receitas só mesmo vivendo é que vamos sentindo, aprendendo errando e aprendendo de novo.
    Quase sempre aprendemos em casa, na família na igreja, nas leituras e o tempo vai ensinando , as leituras valem para rememorarmos e refletirmos o que temos feito ... Gostei do humor que ele imprime nas atitudes .
    E gosto sempre das suas crônicas, amiga E gosto também do seu nome que é de uma neta também muito querida
    ... e eu fugindo já fugindo das dez atitudes do Diego -rs
    beijinhos e boa noite

    ResponderExcluir
  31. Bom dia, querida Taís
    Dez sugestões que deveríamos ter sempre presentes,
    fazendo um esforço a cada dia. A que me tocou mais
    foi a de libertar a mente de modo a que possamos preenchê-la
    com dados e sentimentos novos.
    No vídeo temos uma lição de vida, que emociona. E tantas
    e tantas vezes nos deparamos com pessoas que lutam para
    sobreviverem no meio das maiores dificuldades.
    Muitas vezes as nossas queixas e lamentos não têm razão de
    ser, tendo em conta situações como essa.
    Adorei a sua Crónica, amiga Taís. Sempre nos trazendo
    lições de vida. Muito obrigada.
    Beijinhos
    Olinda

    ResponderExcluir
  32. Vizinha / Escritora, TAÍS LUSO !
    A assimlação dos ensinamentos constantes das "coisas", trazidas no texto,
    depende de atenção, temperamento e momento.
    São verdadeiras, úteis e devemos, sempre, te-las em mente, para um bom
    e harmonioso comnvívio social.
    Muito grato por abordar o assunto, amiga.
    Parabens, um fraternal abraço e uma feliz semana !
    Sinval.

    ResponderExcluir
  33. É exatamente isso. Nem sempre conseguimos cumprir, mas temos que tentar.
    Beijinhos
    Coisas de Feltro

    ResponderExcluir
  34. No hay un solo punto de esos 10 a los que no me sumaría.
    Y si lo piensas bien, no debería ser tan difícil seguirlos, son puro sentido común.
    Vamos a ello, Tais.

    ResponderExcluir
  35. Tais es mi deseo invitarte al otro blog de Aula De Paz , dónde en cinco parte expreso un resumen de mi labor en la sociedad , esperando sea Tais de tú agrado , un fuerte abrazo . jr.

    ResponderExcluir
  36. É mesmo caso para aplaudir.
    Não é um aprendizado fácil mas temos de tentar.
    Gostei muito da sua publicação.
    Abraço e brisas doces **

    ResponderExcluir
  37. Olá Tais,
    Passando por aqui, relendo esta excelente crónica que muito gostei, e desejar um feliz fim de semana, com muita saúde.
    Beijinhos!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  38. Gostava de poder dizer que sigo todos estes dez "mandamentos" de acordo com o espírito deles. Fraqueza minha. Mas que são directrizes para uma vida melhor, lá isso são.
    Obrigado Taís, por me dares a conhecer estes caminhos abertos e reguladores de uma vida melhor.

    Beijo
    SOL da Esteva

    ResponderExcluir
  39. Boa tarde Taís
    Li com muita atenção os 10 conselhos do Casa Grande e confesso que são muito certos.
    Pena eu não conseguir cumprir os mesmos.
    Gostei muito desta crónica.
    Tenha um óptimo fim-de-semana com saúde e paz.
    Um beijo
    :)

    ResponderExcluir
  40. Como los diez mandamientos...seria maravilloso que todos estuvieramos unidos en el ontento
    Hermoso spot que he disfrutado amiga
    Un abrazo

    ResponderExcluir
  41. Unos mandamientos a seguir aunque sea difícil como aquellos que dio Dios a Moisés en el monte Sinaí.

    Saludos.

    ResponderExcluir


Muito obrigada pelo seu comentário
Abraços a todos
Taís