31 de agosto de 2010

A MONA LISA 3X4


- Tais Luso de Carvalho



Ontem recebi um telefonema inédito, hilário, medonho. Existem coisas na vida que são engraçadas demais. Ou tristes. Mas aqui, no Porto, deixo tudo registrado.

Nem todos devem gostar da mesma coisa, tudo ficaria muito monótono e muito certinho. O bom da vida são as diferenças. Defendo até a morte o direito de cada um ter seu gosto. E esta história de cada um com seu gosto me deu pano pra manga. E eu falo mesmo... Ou melhor, escrevo, assim não corro o risco de ser interrompida, coisa que detesto.

Uma conhecida minha estava de malas prontas para Paris, em férias. Então como já estive lá, dei uns pontos obrigatórios para que visitasse. E o primeiro foi o Louvre. Falei de algumas obras de arte e blábláblá, o que não modificou em nada. Logo notei que estava falando para as paredes; mas enfim disse-lhe que não deixasse de ver Mona Lisa, a obra mais conhecida de todos os tempos. A popularização máxima, em escala mundial, de uma obra de arte.

Que a criatura não manjava nada de artes, eu já sabia. Mas até aí tudo normal, não podemos dominar todas as áreas, e foi por isso que indiquei. Um mundo tão lindo e a moçoila não conhece nadinha... Compra quadros pelas cores; acredito que chegará um dia que comprará pelo cheiro. Não é nada interessada em obras, pintores coisa e tal. Um tiquinho de conhecimento já estaria bom. Mas achei ótimo quando me disse que já tinha visto a tal Mona Lisa em revistas.

Bem, ela foi à Paris, passeou, comeu do bom e do melhor, tomou ótimos vinhos e fez aquelas compras de turistas.

Voltou e me telefonou para contar as novidades. E perguntei se tinha gostado do Louvre, e quais as obras que tinha visto. E, em especial, o que achou da Mona Lisa.

- Mona Lisa?? Virgem... Não sei como tem gente que fica louca por aquele 3 x 4!!
- Cumequié?
- É... Cheguei lá à procura de um enorme quadro, à altura da fama, e não encontrava. Então fui onde estava um bolinho de gente e lá estava ela, bem menor do que eu imaginava! E muito gordinha ela... Fofa.
- Péra... Gordinha, fofa? Quem gordinha?
- A Mona Lisa, Tais!
- Ahhhh?! A Mona Lisa, gordinha... Sim, agora entendi! Mas você queria que Da Vinci, tivesse pintado a Gisele Bündchen? Olha, naquela época... É, talvez teria sido um sucesso, lá por 1503, uma magrona posando com aquele sorriso misterioso e sereno... Virgem Maria.

E falei mais umas besteiras e mandei um beijinho pra mimosa. Aquele 3x4 e a obesidade da Mona Lisa me desnorteou um pouco... Depois disso, o papo morreu; MORREU! Custei, mas aprendi a não contestar; sem estresse! Cada um na sua.

Postei no meu outro blog - o
Das Artes
- um pouquinho da história da Mona Lisa. Algumas curiosidades, mas realmente sobre sua altura e peso nada sei...

19 comentários:

  1. kkkkkkkkkk,ótimo Tais. Eu amei ver aquele 3x4 da gorducha rsrsrsrs
    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. Tais, desculpe-me, mas não tenho como não dar umas boas risadas. A gente fica indignado com umas coisas e rir acaba sendo melhor do que estressar. hahahha! Abração. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  3. Tais,

    Aprendi uma coisa com meu velho e saudoso pai que não esqueço. Graças a Deus me ocorre sempre que a situação pede. Lá vai o adágio. Anote que é preciso:

    "Tanto a inteligência quanto a burrice alheias, deve-se ouvir em silêncio"

    por Aloisio Cruz

    bjos pra vc

    Cesar

    ResponderExcluir
  4. Hua, kkk, ha, ha, as vezes a vida apronta cada uma com a gente (pensa como Leonardo DaVinci está revirando no tumulo ao saber que a Monalisa é gordinha, hua, kkk, ha. ha, brincadeira com um fundo de verdade)...

    Fique com Deus, menina Tais Luso.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. A Mona não é gorda não, é só vestido q tem pano demais...kkkk ótimo texto Tais!

    'Glenda Barros

    ResponderExcluir
  6. Oh céus! Oh Vida!
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Taís, eu ri demais lendo seu texto porque ele me fez lembrar de um casal de amigos que viaja o tempo todo; praticamente deram a volta ao planeta. Não conhecem nem os estados que fazem fronteira com o Rio de Janeiro, mas todo ano viajam para fora do país. Só que eles fazem essas excursões curtíssimas, que dão a maior canseira e não se consegue ver absolutamente nada, ou reter qualquer informação (quando ela existe rsrs). Entram no transporte com o guia e vão vendo os pontos turísticos a passar pela janela enquanto o guia matraqueia a rota. Ou seja: nada mais que cartões postais em movimento. Quando saltam do transporte é tudo rapidinho, tipo "Napoleão nasceu aqui, Catarina morreu ali, e vamos embora que já estamos muito atrasados." rsrs E aí eles voltam com aquelas fotos, (algumas nem sabem dizer com certeza onde foram clicadas), mas aliviados, porque já garantiram o status de haver "conhecido" mais uma capital do mundo. rsrs Bom-senso... nota zero.

    Algumas pessoas... Sinceramente? Uma perda de tempo e de dinheiro, viajar. Jamais deveriam sair de casa.

    Posso imaginar sua amiga no Louvre zanzando à procura de um quadro, nas dimensões de um outdoor, e com uma versão erótica da Mona Lisa capaz de levantar o... Da Vinci do túmulo. rsrs

    Ai, meus sais... Eu me divirto muito por aqui.

    Bjs, amiga. E inté!

    ResponderExcluir
  8. Quando eu era adolescente, uma amiga que tinha ido ao Louvre e, na reunião em sua casa para contar a viagem, eu fiz a mesma pergunta e tive a mesma resposta!!!
    Como já ouvi de outras tantas que ao chegar em frente do quadro, em meio ao grupo, olhando por sobre as cabeças levaram um susto pelo tamanho do quadro.É que vemos as reproduções em tamanhos grandes.
    No caso da sua amiga, pelo menos ela foi ver.E eu que nunca via o verdadeiro e tenho que me contentar em ver cópias tão diferentes nas cores, no tamanho e na textura?

    ResponderExcluir
  9. Olá Taís,
    Eu sei que para muitos Mona Lisa é apenas e tão somente uma bicha sem dinheiro e que Da Vince na realidade no máximo dava uma.
    Lendo seu texto e os comentários
    do mesmo lembrei-me da roupa do rei. Assim como o rei e seus ministros não admitiam que não viam tecido algum e o rei acabou desfilando nu, as pessoas riem acompanhando o riso dos outros quando na realidade pouco conhecem de arte.
    Beijos,
    Dalinha

    ResponderExcluir
  10. kkkkkkkkkkkkkkk Não paro de rir. E minha mãe pergunta o tempo todo: "Luciano, por que vc rir tanto?" Espero que sua amiga leia seu texto no Das Artes antes de sair comentando sobre a Mona Lisa por aí. Interessante que essa semana emoldurei uma réplica da Mona Lisa e pendurei num pequeno corredor do apartamento. Todos os dias, quando levanto, deparo com aquele sorriso cheio de mistério e sigo com uma interrogação que não se desfaz. Ótimo post!

    ResponderExcluir
  11. Como diria o povo: é só pur Deus!

    Eu já vendi alguns quadros, embora nunca tenha achado que seria famosa...rs...e conheci compradores que escolhem pela cor (pela moldura é pá cabá, mas tb tem!!), pelo tamanho e até pra fazer "par" com outro que tem em casa. Ainda bem que os apreciadores de arte, mesmo que não entendedores em profundidade, passam longe disso tudo...

    Como sempre, teus temas e texto, arrasam.
    Um ótimo fds pra vc. Vou aguardar teu retorno de e-mail, ok?
    Bjos

    ResponderExcluir
  12. Nooossa santa ignorância ...
    muito bom aquii
    te segindo bjooos

    ResponderExcluir
  13. excelente!!! Mas passei algo pior. Um irmão meu viajou para portugal, França, Espanha. Eu disse: "Rapaz, aproveita muito para ver aquelas belíssimas obras de arte". Ele disse que tudo bem, iria ver.
    De lá mandou um e-mail que dizia: "já tou cansado de tanta velharia..."

    Eu assustado fiquei, aliás, horrorizado com tamanha falta de sensibilidade.

    Abraços
    Blog de Um Brasileiro

    ResponderExcluir
  14. Não quero nem imaginar a reação da sua amiga ao conhecer as obras de Fernando Botero, já que ela considerou a Mona Lisa apenas uma gordinha no tamanho 3x4!

    Estive por aqui.

    Abração.

    ResponderExcluir
  15. Choca, mas, às vezes, é melhor o silêncio! Eu falo demais seeeeempre!
    Beijinhos, lindona!

    ResponderExcluir
  16. Passando para deixar um super abraço.
    Confesso que não sei o tanto que gostaria sobre pintura. Mas sei o suficiente, pelo menos o suficiente para não enlouquecer quem realmente entende! Rsrs

    ResponderExcluir
  17. Eh Taís....

    "Deus dá rapadura pra quem não tem dentes!"
    hahaha

    Beeijos

    ResponderExcluir
  18. Tais, tuas crônicas são incríveis, eu me divirto demais com elas!!! Quando penso que encontrei "a melhor" do dia, acabo lendo mais alguma que arranca de mim boas gargalhadas... como esta da 'gorducha'!
    Quantas pessoas, humildes mas cheias da sensibilidade necessária para a apreciação artística, adorariam ter a oportunidade que sua conhecida teve e simplesmente jogou pela janela, junto com o dinheiro que investiu em uma viagem que pouco lhe acrescentou, pelo menos em termos de conhecimento e cultura...
    Mas é isso mesmo, cada um na sua... e todos no Porto das Crônicas rindo com tuas hilárias experiências!

    Beijo, Suzy.

    ResponderExcluir

QUERIDOS AMIGOS:

1 - Este blog não envia nem recebe comentários anônimos ou ofensivos.

2 - Entrarei na página de comentários quando alguma resposta se fizer necessária.

3 - Meus agradecimentos pelo seu comentário, sempre bem-vindo.


Meu abraço a todos.
Taís Luso