4 de maio de 2009

AS FREIRAS ESTÃO NA WEB!



- Tais Luso de Carvalho

Vou morrer e não vou ver tudo; e lamento pelo que vou perder. Pois, não é que furungando aqui e acolá, descubro que até as freirinhas – aquelas recatadas e silenciosas filhas de Maria, e tidas como esposas de Cristo, estão se integrando à Internet?! Se ainda não estão viciadas, loguinho chegam lá.

As irmãs Cisterianas, que viviam reclusas no convento de Santo Spirito, na Itália, caíram na rede! Nossa Senhora dos Aflitos, Nossa Senhora Compadecida...rogai por elas!

Viviam elas como as conhecidas Carmelitas, do Brasil: nada de papo com estranhos. Podiam falar através de uma grade de ferro e cortinas serradas. Lembro de ter tido uma impressão - talvez meio falsa - de que não viviam...

O site, permite conversas com o público e com freiras de outros países. O tempo de permanência na rede não é limitado, apenas exige sensatez. E o site tem um cantinho para perguntas. Mas, sensatez... Olha, irmãs, é difícil achar o equilíbrio... São várias horas que Internautas dispensam à Internet. Por dia!

Mas, de qualquer forma, bem-vindas à  rede, irmãzinhas! Mas cuidem-se: a maré não tá pra peixe... Não inventem de criar um Orkut, Facebook e não entrem em salas de Chat... Isso vicia, irmãs. Aquela conversa com várias pessoas ao mesmo tempo é de enlouquecer. E olha, irmãs...  blogar é bom, mas é muito trabalhoso.

As senhoras não vão entender o que se passa num mundo virtual; contar, seria muito cansativo. A web não é um lugar santificado e nem parecido com convento; ninguém é santo. Somos especulativos.

Na verdade, irmãzinhas, tudo na rede vicia. Não fiquem tão deslumbradas com esse mundo; têm coisas excelentes e gente muito boa, porém, tem o outro lado da moeda: gente que apronta. E mais: há vida fora e longe da Internet: há flores e verdes; bichinhos e gente; céu e mar. E bate-papo no tête-à-tête. Calor humano, né irmãs!

Gostaria muito de fazer-lhes uma visitinha... Mas, não para saber do convento, e sim para soltar minha língua: contar, tim-tim por tim-tim sobre este nosso Mundo Encantado, aqui de fora. Existe de tudo um pouco: fadinhas, castelos... Porém têm pinóquios e bruxas!
Mas, desviando dali e daqui... As senhoras encontrarão o equilíbrio. 
Boa sorte, irmãs! Cuidem-se.

Site das freirinhas
aqui.
.

8 comentários:

  1. Amiga Tais.
    O problema é se as nossas meninas exploram bem a internet, vão também encontrar, Pinóquios, Bruxas e outras coisas que existem. Então é que o vício fica maior e depois não há volta a dar para a desintoxicação.
    Belíssimo texto sobre a net e as suas contingências. E ironicamente gostoso.
    Beijos
    victor Gil

    ResponderExcluir
  2. Hola Tais!
    Asombrada por la información; si la traducción fue correcta, me parece que la modernidad les ha llegado, y pegado fuerte, no crees?
    Estos sitios se habían caracterizado por su austeridad y discresión,te lo digo yo que estuve en uno como postulante...Ahora ya forman parte de la comunidad virtual?
    Pues me he quedado sin palabras, por lo menos por ahora,
    Veremos qué cosas nos depara la vida, entre tanto,
    Un abrazo!

    ResponderExcluir
  3. Olá Taís,
    Eu acho que as religiões já se apossaram de cinemas, televisões e agora as religiosas acharam por bem, mesmo tão virtuosas, cair no mundo virtual.Se elas tomarem realmente gosto pela coisa, não perderão o hábito.
    FELIZ DIAS DAS MãES PARA VOCÊ!
    Um abraço,
    Dalinha

    ResponderExcluir
  4. Isso é mais uma prova que além de religiosas, reclusas, etc, elas também são humanas como qualquer outro e que para entender melhor o Cristo é necessário conhecer o mundo que nos rodeia.

    ResponderExcluir
  5. Taís

    Que barato!
    Ainda não fui ao site das freirinhas, mas vou amanhã, estou curiosa!
    Tem razão, por muito que elas saibam, estão lá fechadas, entre muros e fora da realidade, mas, que pena, são gente, não são anjos!
    Depois volto para falarmos outra vez.

    Beijo
    Aidinha

    ResponderExcluir
  6. Tais Luso de Carvalho, não adianta, você é o máximo quando escreve crônicas, esta das freirinhas, eu lia e ria, pois ficava a imaginar a cena delas em WEB, onde devem ter momentos hilariante diante de algumas perguntas ,
    valeu amiga,
    esqueci de deixar o Link do Blog que vou editar a página da artista
    MARÍLIA CHARTUNE .
    Deixo aqui,
    beijos
    Efigênia Coutinho
    http://efigeniacoutinhoselospremiosblogsamig.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Concordo, a internet é um vicio e pesado...

    Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de verdade.

    Mas o post ficou interessante.

    Fique com Deus, menina Tais.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  8. Terezinha A. Cardoso22:39

    Faço votos que elas aprendam tudo para não entrarem em frias, coitadinhas das meninas...rsrsrs olha a carinha desta aí que você postou!

    abraços
    Terezinha

    ResponderExcluir

MEUS AMIGOS - SUA ATENÇÃO...

1 - Este blog 'não envia nem recebe comentários anônimos ou ofensivos'. Meu e-mail está na guia superior, faça contato.

2 - Entrarei na página de comentários quando alguma resposta se fizer necessária.

3 - Meus agradecimentos pelo seu comentário, sempre bem-vindo.


Meu abraço a todos.
Taís Luso