1 de março de 2009

COMENTÁRIOS EM BLOGS

obra de Pedro Escosteguy



- tais luso de carvalho



Faz tempo que estou pra falar neste assunto: “comentários em blogs, na Internet”. 

A Internet é uma rede que tudo o que se disser cai no Google. Um comentário educado, vai para o Google; um comentário infeliz, vai para o Google; um comentário agressivo, vai para o Google. Mas o fato não é de ir para o Google ou outros sites de pesquisa; há pessoas que não estão nem aí. 

O que deve importar mais é a nossa atitude para com pessoas que nem conhecemos; é como se chegássemos na casa de alguém metendo os pés na porta... Comentar um texto é uma coisa; partir para ofensas pessoais é outra. 

Um blog é a nossa casa; é onde colocamos nossas idéias, onde passamos bons momentos, onde recepcionamos os que nos visitam preparando um lugar agradável. Alguns blogs colocam músicas, links para pesquisa, enfeitam o espaço, dão dicas interessantes, notícias quentes, saindo do forno. Manter um blog dá trabalho; e depois chega alguém chutando o balde? Não, peraí!! Podemos discordar, mas de uma maneira educada. 

Quem escreve tem o direito de expor suas idéias. Não citando nomes não tem o porquê ser agredido. Caso contrário, bem... aí haverá o direito de resposta, é lógico. E abram alas pra baixaria... 

Soube de uma escritora que resolveu fechar seu blog por passar por coisas muito desagradáveis. Infelizmente ela não optou pela ‘moderação’ de comentários. Vontade eu tive de lhe avisar para usar a ferramenta oferecida. Atitude que não entendi. Ela mesma disse – no seu próprio blog - que publicaria todos os comentários. Imprudência, hein dona! 

Vejo muitos comentários educados, mas também leio ofensas gratuitas; a ofensa pela ofensa. O negócio de algumas pessoas é a agressão, deixar um recadinho pra demolir o blog, o texto ou à pessoa que o escreveu. E aí? Vamos partir para um bate-boca na Internet? Loucura. 

Penso que tenho a obrigação de ser educada com todos que têm um espaço na rede, afinal, também tenho um espaço. Aliás, dois. 

Estamos numa rede livre e fantástica, mas temos de saber usar certas armas de proteção! Não sabemos quem está do outro lado. Para os comentaristas - que não possuem blog - que não sabem como funciona, precisam esperar que o seu comentário seja lido pelo dono do blog. Muitas vezes não estamos no computador naquele momento. Quando abrirmos nossos e-mails, leremos o comentário e publicaremos. Ou não. 

Quanto às respostas em nosso próprio blog, é de bom tom fazer quando necessário, no caso de responder alguma dúvida. Penso que ir ao blog do amigo, ficará melhor, assim lhe faremos uma 'visita'. É o que todos esperam; é a interação na rede mundial. Quem não gosta de receber uma visitinha, hein? E quem não gosta que seu blog seja linkado? Quando percebo, linko, coloco como meu blog parceiro. 

É isso aí, gente, até!



24 comentários:

  1. OI, TAIS! BEM PENSADO... ESSA DE INVASAO ACONTECE MESMO, PIOR AINDA NOS CHATS QUE VIRA OFENSA PERIGOSA, PUBLICA.
    GRAÇAS A DEUS ALGUNS DE NOS CHEGAM DE CORAÇAO ABERTO E COM BOAS INTENÇOES.
    ABRAÇOS!

    LU MARIA

    ResponderExcluir
  2. Coitado dos blogues. Nem eles escaparam da estupidez humana! Espero que ninguém chegue no metro quadrado de arte dando bicudo nas obras. Elas não merecem nunca nenhum desaforo.

    P.S: Vamos ver se nessa postagem dará certo, Taís.

    Estive por aqui.

    ResponderExcluir
  3. Bernardo22:57

    Plenamente de acordo amiga. Acho tão bom e importante para nosso ego e autoestima a visita dos parceiros e suas opiniões sobre o que escrevemos. Infelismente nem todos pensam assim, aliás há um grande atrazo com relação ao respeito à idéia do outro, respeito à autoria, respeito humano. Mas temos que navegar contra tudo isso, acho que no fundo em relação aos que leêm e respeitam o que escrevemos, os vândalos são minoria.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  4. É isso aí Taízinha, nesta postagem vc falou o que talvez mtos de nós gostariamos de expor, mas por qualquer motivo,não o fizemos.
    Realmente entender o ser humano é mto difícil, pois cada qual traz dentro de sí, um montão de coisas que podem ser definidas como boas ou más. E parabéns pela postagem.
    Bjs.
    Wal

    ResponderExcluir
  5. Discordo, em primeira instância, sem a pretensão de querer ser "chato" (risos). Embora tenha que observar primeiramente, algo que me incomoda mais: o fato de opiniões grosseiras, mal educadas, e "levadas para o lado pessoal" com agressões gratuitas, como você observou bem, se esconderem na grande maioria em julgos anônimos (e por conseqüência, covardes). Não pelo fato de querermos um revide, afinal, temos que mostrar respeito a nós mesmos diante de apelos descompensados, mas para que se mostre a verdadeira face de quem esta por baixo da carapuça.

    Tomo uma postura diferente por preferir deixar livre cada consciência a oportunidade de mostrar sua intelectualidade, o quanto está evoluindo e sua posição na sociedade.

    Quanto as agressões pessoais (nos comentários), ainda que sejam fortes, prefiro deixa-la exposta e intacta e tratá-las como um presente recusado... não recebê-los para mim. Quando não são aceitos, continuam pertencendo a quem os carrega consigo e o comentário "mal-criado" seria espécie de uma fotografia do "indivíduo e sua arrogância".

    Porém, e contudo, cada consciência uma sentença, e seu conjunto de idéias foi conciso e válido a nossas mentes já cansadas de tanta violência... precisamos de um mundo mais "limpo", com uma paisagens de paz, pessoas equilibradas e mais tolerantes com seus iguais.

    Roberto Ramos

    ResponderExcluir
  6. Taís
    A Web 2,ou seja, a web participativa,veio para permitir que o internauta exponha seus pontos de vista,mostre seu trabalho.E quem está na chuva é para se molhar,Repito ( como repito!) a frase genial de meu conterrâneo Nelson Rodrigues ;"toda unanimidade é burra"
    Crítica é sempre uma bela maneira da gente saber como o outro vê nossa opinião.
    Thereza

    ResponderExcluir
  7. Sim, concordo plenamente com Roberto sobre o anonimato. Quanto a não usar o método de moderação, está posto um ponto de vista (de Roberto) dito de uma maneira educada. Viram como é possível? Só discordamos quanto a deixar livre ou não.

    Quanto à opinião da Thereza, também concordo que tudo pode e deve ser dito sobre o texto; mas de uma maneira civilizada. E quem sai na chuva não precisa necessariamente se molhar... Molha-se quem estiver a fim.

    Comentários nos ajudam muito, mas só são construtivos quando não são agressivos; cada ação tem uma reação, que sejam ditos de uma maneira que dê para digerir.

    Abraçosssss
    tais

    ResponderExcluir
  8. Não sei, mas algo me fêz ter vontade de escrever mais...
    Estamos vivendo um momento ímpar,onde o ser humano se encontra totalmente perdido, dentro de si mesmo, onde a surdez, a miopia, tomou conta do mundo. Por vezes nos deparamos com pessoas que estão falando com a gente, mas sentimos que essa não está nos vendo, e nem falando com a gente, mas falando com ela mesma...existe por vezes um narcisismo exacerbado, intranquilo, pessoas voltadas pra si ...não vê o outro, e não se coloca no lugar do outro, para sentir o que ele sente, e entender o sofrimento dele..".puro egoísmo"!
    Deixar um comentário de mal gosto, concordo que isso pra mim não vai mudar, alterar nada, pois sei meu valor, mas não podemos aceitar a "crítica pela crítica, apenas o ato de discordar, como mta gente faz, só pra ter esse gostinho, sem possuir lógica, fundamento, e verdade! Pois sei que a liberdade de opinião deve existir, mas nem sempre essa vem carregada de conteúdo consciente, inteligente, e racional...pois com quem está a verdade?
    Quanto " toda a unanimidade é burra", concordo, é na diferença que está o crescimento, mas não é desmerecendo todo um trabalho elaborado, pesquisado, e mto bem feito, que chegaremos a algum lugar, pois as vezes uma palavra "mal dita", num momento errado, para certas pessoas, podem destruí-las!
    Vamos seguir adiante, tentando evoluir na procura de bons exemplos, e subir a cada dia um novo degrau!
    Bjoca
    Walzinha

    ResponderExcluir
  9. Uma dica é colocar uma espécie de manual de conduta a nossas visitas que queiram postar alguma opnião: uma Política de Comentários.

    Claro que não vai resolver o problema, mas pelo menos ajudará aos incautos entender mais sobre a pessoa que ele irá opninar, e se tiver o mínimo de bom senso e educação vai respeitar, com certeza!

    Roberto Ramos

    ResponderExcluir
  10. Oi Tais. Gostei muito dessa abordagem sobre os comentários em blogs. Ser educado é em todos os lugares e situações, inclusive neste momento de postagem de comentário.
    Não conhecia este blog e pelo que estou fuçando (e gostando) já vai lá pra pasta das leituras diárias.
    Abraço e parabéns!

    ResponderExcluir
  11. Faz tempo que estou pra falar neste assunto: “comentários em blogs, na Internet”.
    Tais, este seu texto deveria ser lido pelo mundo afora, pois contem uma grande realidade virtual, a responsabilidade das pessoas quando trata-se da "palavra escrita". Mas infelizmente vivemos numa era conturbada, onde os valores que aprendemos , não mais são usados nos dias de hoje, por pessoas que não receberam em seu "berço". Para tudo existe uma razão, a raiz da onde nascem , as folhas flor e fruto?
    Efigênia Coutinho

    ResponderExcluir
  12. Tais Luso

    Evidentemente, que estou plenamente da acordo com o que está escrito. O nosso blogue, é como a nossa sala, onde recebemos amigos. Aqui estamos só nós e nosso PC, fazendo do que sabemos para agradar às visitas, porque o intuito é, simplesmente, partilhar. Portanto, se somos educados, esperamos nos paguem da mesma moeda.
    Penso que as senhoras, serão mais molestadas. Há indíviduos, que não endendem, o apreço e a consideração que devemos ter por todos os nossos amigos bloguistas. Senão concordamos com qualquer assunto, não devemos faltar ao respeito ético, no minímo.
    Daniel.

    ResponderExcluir
  13. O pessoal não entende que expor uma idéia na deve ser encarada a um ataque ao ego...

    Deve usar a educação para argumentar e não palavras asperas.

    Espero que a sua amiga volte a blogar.

    Fique com Deus, menina Tais.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  14. Os comentários em blog (e este é mis um aliás) mereciam um bom estudo sociológico. É a mais estranha das maneiras de colocar as pessoas em contato, se pensarmos bem: havia um texto, um autor em outra cidade, um assunto, a vontade de deixar uma opinião, a liberdade de fazê-lo... E a partir disso criam-se redes de absolutos desconhecidos que debatem às vezes na maior profundidade (às vezes, porque outras, é só ofensa pra lá e pra cá...)

    Esse fenômeno dos "trolls" que você mencionou é o mais desagradável, mas menos enigmático. Uma ferramenta como o comentário em blog, que permite a qualquer um despejar suas opiniões que nem maluco, é um chamariz de desequilibrados!

    ResponderExcluir
  15. Fiquei curioso para ler o comentário "mal-educado".

    Ela já apagou tudo?

    ResponderExcluir
  16. rsrsrs, essa tá engraçada, eu nunca tinha visto alguém voltar com tanta curiosidade!

    Não foi um comentário, Roberto! Foram dezenas!!! Só sei que ela não ativou mais o blog. Tinha política misturada...

    ResponderExcluir
  17. (risos)...
    Concordo.. foi uma curiosidade recolhida, eu acho! Mas é que isso ficou martelando na minha cabeça esses dias. Mas agora que você falou que tinha política envolvida, perdi o pique.

    Por falar nisso, li seu comentário sobre política de comentário, lá no meu blog, você acabou me atentou pra uma coisa. Coloquei o link da página principal e bem visível.

    Obrigado pela visita.

    Roberto Ramos

    ResponderExcluir
  18. Já me ocorreu de pessoas que nem entenderam a minha postagem e já quiseram me encher de desaforo. Eu fiz a coisa mais simples, exclui os comentário deles.
    Por isso que leio e releio as postagens, assim não tiro conclusões precipitadas.
    Abração.

    ResponderExcluir
  19. Eu não modero os meus comentários por opção. Contudo, arrogo-me o direito de apagar todos aqueles que possam ser ofensivos quer para mim quer para comentadores do meu blog.

    Felizmente, até hoje, apenas tive que eliminar um comentário por manifesta má educação e que estava a responder, no meu blog, a um comentário que eu tinha feito no blog de outra pessoa.

    Não deixei, porém, de explicar a razão porque o havia apagado, assim como voltaria a apagar outros semelhantes, tendo pena que as pessoas denotassem semelhante falta de nível ao utilizar semelhante linguagem insultuosa, apenas porque tínhamos opiniões contrárias em relação ao assunto postado.

    A partir daí ainda recebi duas mensagens no mail, as quais enviei para spam e acabaram-se os problemas. Todavia, se voltar a ter um probleminha que seja, parecido, com muita pena, activarei a moderação dos comentários.

    ResponderExcluir
  20. Eron20:15

    Querida amiga, há pessoas que não sabem respeitar a opinião e o direito dos outros.Por isso este mundo vive em pé de guerra.

    Gostei imensamente de seu comentário. Serve de alerta pra os transcendem os limites da boa convivência.

    ResponderExcluir
  21. Excelente texto!!!

    Também fico indignado como tem gente mal educada na internet, e gente que desvaloriza completamente algo que cuidamos com tanto carinho.

    ResponderExcluir
  22. No que trata a ofender Via On-line ,tudo se lembra de dizer o que quer.
    O mais curioso é que a maior parte dessas pessoas nunca te ofenderia pessoalmente e cara a cara..ou seja cobardia pura...estou farta de gente assim.
    Gostei do seu texto e do blogue em si.Parabens.

    ResponderExcluir
  23. Essa é a minha primeira visita e adorei seu modo de escrever e tratar as coisas.
    Eu pinto ,desenho e escrevo.
    Gosto de críticas honestas e concordo com cada palavra que você escreveu.
    Parabéns!

    ResponderExcluir

PARA OS MEUS AMIGOS - SUA ATENÇÃO...

1 - Agradeço os comentários dos queridos leitores e amigos, sempre bem-vindos, um grande abraço a todos! Voltem sempre.

2 - Entrarei na página de comentários quando alguma resposta se fizer necessária.

Taís Luso