4 de junho de 2011

BIBLIOTECAS FANTÁSTICAS !


Joanina / Universidade de Coimbra - Portugal / clique fotos

PEQUENA INTRODUÇÃO SOBRE O NASCIMENTO DA ESCRITA

Como tenho paixão por livrarias, bibliotecas, sebos e todos os lugares onde existam livros, trouxe algumas fotos de magníficas  Bibliotecas antes que venham - a todo o vapor - os livros digitais. Serão bem-vindos, muito práticos, mas jamais terão o encanto e o mistério dos livros tradicionais.

As Bibliotecas sempre cumpriram a função de conservarem e custodiar os livros. Existe nelas uma antiguidade de mais de quatro mil anos de história desde a criação dos primeiros pergaminhos e tábuas escritas.

escrita cuneiforme
escrita hieroglífica
Suas origens nasceram como arquivos nos tempos das cidades Mesopotâmicas de onde se registravam e guardavam os fatos relacionados com as atividades religiosas, políticas, econômicas e administrativas do Estado. Os escribas e sacerdotes eram os responsáveis.

Os documentos eram expedidos numa escritura cuneiforme – que foi desenvolvida pelos Sumérios, com objetos em formato de cunha - em tabletes de barro. Era um suporte incômodo e pesado, mas que permitia sua conservação. Foi criada por volta de 4.000 a.C.

Mas deve ser atribuído aos egípcios a invenção do princípio do alfabeto. Foram eles os primeiros a perceberem o valor dos símbolos para representar os valores isolados da voz humana.

Os egípcios desenvolveram sua primeira forma de escrita no período Pré-dinástico. Esse sistema conhecido como hieroglífico foi inicialmente composto de sinais pictográficos para designar objetos concretos. Gradualmente alguns desses sinais tomaram um sentido convencional e foram usados para representar conceitos abstratos.

Outros caracteres foram introduzidos para designar sílabas separadas, que podiam ser combinadas para formar palavras. Finalmente foram adicionados logo no início do Antigo Império, 24 símbolos, representando cada um deles um único fonema consonantal da voz humana. Assim se formou o sistema hieroglífico de escrita, em época bem remota que trouxe 3 tipos de caracteres separados: pictográficos, silábicos e alfabéticos.

Bem, mas vamos às fotos! Vejam os detalhes de algumas das Bibliotecas mais lindas do mundo.
Dê um 'clique'  para aumentá-las. Selecionei 15.

Monastério Strahov, Praga / República Checa    clique foto


Beinecke - Livros raros e manuscritos / New Haven - USA  clique foto
Universidade de Coimbra       clique foto
clique nas fotos


B. Convento de Mafra / Portugal     clique foto

Palafoxiana / México        clique foto


Real Gabinete Português de Leitura / Rio de Janeiro    clique foto
Strahov Philosophical Hall / Prague    clique foto
clique foto



B. George Peabody - Baltimore / USA   clique foto

40 comentários:

  1. Querida Tais, que aula você me deu!
    Obrigada por compartilhar conosco estes conhecimentos.
    Um beijo..e um domingo de luz a vc!
    Bj
    MA

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente maravilhosas! Adorei! Um lindo domingo, beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Tais, creio que você selecionou o que há de mais belo e notável em termos de bibliotecas. Acho que uma compensação que teremos quando não mais se imprimirem livros serão lindos museus (se eu ainda estiver por estas paragens, certamente serei um frequentador assíduo, pois o livro escrito nunca vai deixar de me preencher uma necessidade intrinseca). Adorei este maravilhoso passei visual. Meu abraço. paz e bem.

    ResponderExcluir
  4. Taís, comungamos então esse amor pelas bibliotecas. Os livros digitais vem socorrer leitores como eu que, vivendo numa minúscula cidade do interior, não tem acesso às grandes obras visto que o acervo literário por aqui é muito pequeno. É claro que o prazer de tatear uma página escrita e sentir o cheiro da tinta é incomparável, mas o que importa é ter acesso à leitura, então viva os e-books!
    As fotos das bibliotecas me deixaram boquiaberta, são fantásticas!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Acredito que a vida de um livro enquanto está nas mãos do autor não é mais importante do que quando está nas mãos do leitor.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  6. Não esperava uma aula a esta hora...
    mas parei o lanche para me concentrar..
    Não é que não conheço a Biblioteca de Mafra????'
    Pois adorei este Post...Maravilha..
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. OMG!
    Que sonho... quem sabe quando eu chegar ao 60 consiga ter uma biblioteca particular com pelo menos 1% de todos esses livros. Lindo!

    ResponderExcluir
  8. Sensacional este artigo, Tais! Sensacionais Também as fotos. Algumas eu já havia visto (em fotos), mas vc conseguiu uni-las todas! Muito, muito lindo!

    Sim, sou como vc, me encantam as bibliotecas, os sebos... E imaginar que acho o méximo a livraria cultura!

    bj
    Cesar

    ResponderExcluir
  9. Simplesmente sem palavras para descrever tanta beleza e cultura. Valeu.
    Bjux

    ResponderExcluir
  10. Minha querida amiga Tais.
    Para mim, que trabalhei cerca de 20 anos, praticamente sempre rodeado de livros, para uma instituição ligada à cultura como é a Fundação Gulbenkian, é um prazer passar por aqui, para desfrutar destas maravilhosas imagens para os meus olhos. Como sempre, a minha amiga, está atenta a tudo o que é arte e cultura.
    Meu beijo e meu carinho de sempre.
    Victor Gil

    ResponderExcluir
  11. Oi amiga!
    Estou curtindo o frio do spampas depois dos exercícios li um pouco do livro " Mentes tranquilas almas felizes ", eu curto muito a leitura desde pequena, leio em tudo que é lugar, o tédio das filas fica quase inexistente quando temos um livro.

    Adoro livrarias, bibliotecas, museus e através desta belíssima postagem pude viajar pelo mundo.

    Quanto a bibliotecas digitais, são necessárias pela modernidade - porém eu particularmente acabei de concluir uma graduação que uma das obrigatoriedades era usar a biblioteca digital , eu achei horrivel, detestavel, passamos tanto tempo na frente do computador e ainda termos de ler desta forma, cruél o resultado foi muita dor na cabeça literalmente, e de brinde um óculos.

    Livros não mudam pessoas, mas eles ensinam as pessoas a mudar o mundo.

    bjo
    Abençoada semana.

    ResponderExcluir
  12. Taís,
    estou definitivamente de volta à blogosfera... Estive muito ocupado recentemente e me ausentei...Adorei o post... vou aproveitar em minhas aulas... bjo e ótima semana.

    ResponderExcluir
  13. Taís, já tinha passado por aqui ontem, logo q vc postou o texto, mas fiquei sem poder comentar por causa da bateria.
    Observar como a escrita surgiu e como tornou-se difusora de saberes, culturas,e de toda a História da humanidade é algo fantástico. Mas ao olha estes livros me lembrei das milhares de pessoas que os veem, mesmo escrito, com páginas em branco. Neste caso, passaria da "Bublioteca de Babel" (de Borges)para a "Torre de Babel". Em vez de um conhcimento múltiplo, um saber incompreensível.
    Lindo post...

    bjs

    ResponderExcluir
  14. Tais,digo sempre que a cultura encanta e nos leva a lugares outros.Gosto de toda expressão cultural, mas os livros são mágicos.Adoro livrarias, sebos dos quais sou assídua e, as Bibliotecas são como santuários.Parabéns pelo Post e pelas informações transmitidas.Um grande abraço Eloah

    ResponderExcluir
  15. Lindas imagens, Tais :-)

    Estas finalmente linkada em casa!

    Beijos

    Roy

    ResponderExcluir
  16. Taís. Adorei. Fiqei com vontade de visitar todas as bibliotecas das imagens.

    ResponderExcluir
  17. Postagem magnífica!
    Amei!!

    E olhe que não é só pelo fato de eu ser formada em biblioteconomia não!...;)

    Beijoooo,

    Cid@

    ResponderExcluir
  18. Bibliotecas maravilhosas!
    Tenha um lindo dia, amiga querida!
    Beijinhos meus!

    ResponderExcluir
  19. Que coisa fantástica!
    Adentrar este blog é o mesmo que visitar um reduto de palavras e imagens que conjuguem conhecimento e sabedoria...Estou aqui arrepiada!
    Simplesmente um arraso!
    Que imagens maravilhosas...
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  20. Isso tudo existe!!!! Beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  21. Realmente as bibliotecas são um paraíso para quem ama os livros. E esse apanhado seu, essas fotos tão belas, só fazem mesmo é aumentar minha estima pelos livros. Muito bom, Taís!

    Felicidades!

    ResponderExcluir
  22. Nossa, sinto-me no meu elemento! Isso era tudo o que eu queria em termos de Cultura.
    Um trabalho de pesquisa e impecável.
    Parabéns, Taís!!!

    ResponderExcluir
  23. Olá, Taís. Gostei de passear com você pelas bibliotecas e pela história do nascimento da escrita. É a história do homem, da grandeza humana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  24. Felicidades Tais por mostrarnos estas preciosas bibliotecas museos.
    Permiteme que te sugiera otra: La Biblioteca del Monasterio de El Escorial, cerca de Madrid. http://es.feelmadrid.com/foto044.html
    Mis felicitaciones por tu interesante blog.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  25. Oi, Amélia, é lindíssima esta Biblioteca
    del Monasterio de El Escorial, eu conheço. Não coloquei porque a lista é grande. E se deixar eu não páro, rsrs! Caso a postagem não fique muito longa, colocarei.
    Obrigada, amiga!
    Beijo

    ResponderExcluir
  26. Olá Tais!
    Estou encantada com o seu blog! Parabéns!
    Bjos e boa noite
    Roberta

    ResponderExcluir
  27. Oi Tais!
    Quero ser sua seguidora, mas não encontrei o item Seguir???
    Bjosss
    Roberta
    www.omundodoseus.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Oi Taís!
    Muito bom este seu texto. Também adoro livros e tenho uma grande biblioteca. Mas não acredito nada nos livros digitáis, pois eles só durarão cerca de 15 anos ao invés que os livros de papel duram uma vida. Por outro lado, o livro em papel é prático, você pega no momento exato e lê ou mostra pra seus amigos. Não tem nada como o livro ou mesmo as fotos em papel.

    Um beijo grande.

    ResponderExcluir
  29. Taís, vim agradecer-lhe pelo carinho e pela solidariedade inestimáveis para mim nesse momento tão doído. Isso ajuda a recuperar o ânimo minado. OBRIGADO SEMPRE. Meu abraço. paz e bem.

    ResponderExcluir
  30. Adorei ler..'Nossos animais de estimação'...
    Parabéns por mais esta saída...
    Beijo

    ResponderExcluir
  31. Querida Tais..passei para agradecer a as suas gentis
    visitas e seus comentarios que me fazem sempre querer fazer o melhor.
    bj, boa semana!
    Ma

    ResponderExcluir
  32. TAIS OBRIGADA POR SUA VISITA E COMENTARIO SEJA SEMPRE MUITO BEM VINDA ADOREI VER ESTAS MARAVILHAS QUE COMPARTILHAS COM OS AMIGOS PRABENS POR SEU CONHECIMENTO E PELA BELEZA DAS POSTS AMEI UM ABRAÇO COM CARINHO MARLENE

    ResponderExcluir
  33. Uma beleza, Taís!

    Eu tenho um fascínio indescritível por bibliotecas. Deliro com o cheiro, o silêncio, e todos aqueles pensamentos me olhando... Dentro delas, tenho uma sensação estranha que oscila entre poder e fragilidade... Quando estou lá dentro tenho quase certeza de que é possível vencer o tempo; outras vezes penso que ele nunca existiu... É só um moinho ao humor do vento... E de repente sou uma versão magrela de Sancho Pança que aos poucos vai assumindo seu quixote interior... rsrs

    Coisa linda esse post! Que viagem!...

    Bjs, querida amiga. De longe, porque a gripe está a me derrubar. Inté, linda.

    ResponderExcluir
  34. Gosto de me sentar no silencio de uma biblioteca, desfolhar e ler. Não gosto de ser interrompido pelo bater dos saltos no pavimento, acho isso uma falta de sensibilidade.
    Gosto do monumento em si principalmente da biblioteca de Coimbra que é fantástica.
    Grato pela lição do tempo, merece muitos beijos.
    Aplausos

    ResponderExcluir
  35. Taís,
    essas imagens aquecem a alma, alimentam o espírito. Pra mim a atmosfera mágica das bibliotecas jamais se perderá.Por mais que a tecnologia avance , jamais substituirá o elo que o leitor tem com o livro de papel.Um diálogo entre o ser leitor e o ser objeto-livro.
    Amei o passeio que vc me proporcionou.Muitas delas eu não conheço ao vivo.
    Bjo grande,
    Calu

    ResponderExcluir
  36. Acredito sim, que o importante é ler, mergulhar no mundo fantástico das emoções que tantas vezes abraçamos. Mas... E o perfume das folhas novas? O toque, o gostinho bom de ver o livro na cabeceira, ao lado?? Nada supera...Beijos querida, lindo post.

    ResponderExcluir
  37. Adoramos a aula, Taís
    Que bibliotecas maravilhosas!
    Beijinhos e um lindo final de semana
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  38. Querida Amiga..
    Um feliz final de semana para você
    Sendo amanhã Dia Dos Namorados
    já estou desde hoje nas visitas e oferecendo
    se for de seu agrado o mimo dos namorados esta na postagem.
    Sinto muito estar levando colinha.
    Estou com tendinite espero ficar bem logo.
    Pois,, caso não ficar terei que levar cola ou
    deixar de visitar até ficar bem ..
    Um lindo Domingo beijos no coração,,Evanir.

    ResponderExcluir
  39. Olá Taís,
    mais uma excelente postagem - por falar de livros, por nos mostrar esses templos da cultura e também por cultuar o livro físico, esse insubstituível companheiro da intelectualidade.
    Claro que o livro digital é bom, tem vantagens e desvantagens, e é um fato consumado. Tudo será digital!
    Valeu!
    Eu postei aquela marinha que você citou no seu comentário em meu blog...agora eu é que estou curioso para saber sua opinião.
    Beijos do atelier.

    ResponderExcluir
  40. These places look so incredible!

    ResponderExcluir

SUA ATENÇÃO...

1 - Agradeço os comentários dos queridos leitores e amigos, sempre Bem-vindos!

2- Comentários ANÔNIMOS não são postados. Assine.

Um abraço a todos!
Taís Luso