23 de setembro de 2013

A ESCOLHA DO NOME DO FILHO





    - Taís Luso

Pobre dos filhos que são vítimas das homenagens que os pais fazem aos seus ídolos, carregando a tal herança por toda a vida. Mas, como não poderia deixar de ser, isso me levou a pensar na legião de azarados, o calvário que alguns carregam em seus documentos.
No entanto, há anos já é possível abolir um nome que traga problemas por sua esquisitice. Mas poucos mudam seus nomes - não é fácil. Além de custar honorários advocatícios, custas judiciais e mais as despesas com o assentamento do novo nome no Cartório de Registro Civil, ainda há o constrangimento em relação aos pais.
Bem, aí vem a pergunta que fazemos ao ver umas coisas esdrúxulas pela frente: de onde saiu isso? Por que aparecem por aqui os Jéferson, as Dayanne, as Jennifer, os Aelington, as Franciely, os Michael? Poxa... mas como se escreve isto?
Lembro, como contraponto, da turma que adora umas coisinhas fáceis: então aparecem os Odir, os Léo, os Otto, Caio, Elvis, Eva, Edy ... Os pais destes são econômicos, menos-mal. Estou incluída aqui, 4 letrinhas - pra não incomodar: Taís: mas, sempre tem um chato pra perguntar... é com agá ou sem agá? Mas a pergunta até que procede.
Nesse redemoinho de nomes, começo a lembrar de alguns pais que adoram ler sobre a Idade Antiga, a Média etc. e colocam nos pobres anjinhos a assombração de Sócrates, Anníbal, Cícero, Honório, Homero, Jesus, Rômulo, Mozart... para serem cobrados ao longo da vida uma postura quase semelhante. Sonhos. E, ainda encontramos as Semirames, Sibylla, Porsenna, Scipião. Putz, que coisa medonha. É só para infernizar.
Outros, para dificultar mais a vidinha dos filhos, procuram dois nomes: um para satisfazer a mãe, outro para satisfação do pai e que serão chamados pelos apelidos. Aí surgem as Ana Iracema (Ira), as Maria Antonia (Tônia), as Maria Gioconda (Gio), as Maria Evangelina (Lina), as Ana Jaqueline, os Mário Mariano... E as que não sabem como canta o galo, arriscam um Edigar. Não aguento o Edigar - o filho da minha diarista. Conheci um senhor que se chamava Ivete. E daí?
Também penso na turma dos devotos que não negam homenagens aos seus santos: aparecem, então, as Genoveva, Edwiges, Petronilla, Aurélia, Aparecida, Esperidião, Amâncio, Expedito, Hermenegildo... São mais de 1200 santinhos! E estes santos serão os eternos protetores dos anjinhos.
E, para fechar o clã dos famosos, trago aquelas coisas estapafúrdias da vida: as Aldegunda, os Fhilogônio, os Epaminondas, as Brunhilde, os Godofredo, os Simplício, os Setembrino, Natalino, as Francisoréia, as Divina ... e por aí vai. Tenho um tio e bisavô espalhados aí por cima... Não tem perdão.
E mais, muito mais quando entram os nomes compostos, vindos do nome da mãe e do pai: Claudia e Valdernei geram o Clau-der-nei !! Isso fica muito bonitinho...
- Vem cá, Claudernei...
E a coisa piora quando o Claudernei resolve ter seus filhotes: o Clauberto, o Clauco, a Claurinda, a Clausete e a Claurisbeta. E os amigos passam a chamá-los de Clau; todos!! Fica o clã dos Clau. É lindo.
Mas nesse belo Universo, gosto muito é de Fredegonda! Fredegonda foi a primeira concubina e depois mulher de Chilperico, rei de França e da Austrasia. Assassinou a rainha Galsuinda, para subir ao trono - em seu lugar. Depois de outros assassinatos, Fredegonda morreu no ano de 597. Dá pra ver que a complicação vem desde sempre. E de longe. Meio difícil de entender essa história... Mas é isso.
E para fechar com chave de ouro deixo aqui o nominho completo do Imperador do Pedro I - respire fundo e vem comigo:
Pedro de Alcântara Francisco Antonio João Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim José Gonzaga Pascoal Cipriano Serafim de Bragança e Bourbon.
Essa gente é muito divertida! Mas é isso: como essas e outras esquisitices jamais acabarão, que vivam bem todos os homenageados e os predestinados desse mundo criativo !!


36 comentários:

  1. No meu serviço, lido com milhares de nomes...alguns são tão esquisitos que fico na dúvida se choro ou se rio: Erotildes de Deus, Jugurta, Lindonjohnson, e por aí vai...Abraços.

    ResponderExcluir
  2. LU MARIA18:06

    LENDO ESTE TEXTO E PENSANDO BEM, MEU NOME TA OTIMO. NOME DE RAINHA E SOBERANA. PELO MENOS ALIVIA O PRENOME QUE EU REALMENTE NAO SEI DE ONDE TIRARAM! RSRS.

    LU MARIA - http://sumidadeprerrogativa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Meus filhos não tem o nome Elvis porque meu marido não deixou!!!!!Salve-se quem puder!!!!

    ResponderExcluir
  4. Olá! Realmente esse negocio de nome é um problema, que na minha família aconteceu de fato.
    Quando meu irmão nasceu, na hora de registrar o nome dele, chegou minha avó, e pediu p/colocar o nome do meu avô - Argemiro - e assim foi...o tempo passou meu irmão cresceu, e no meio do caminho ia inventando nomes para as pessoas. Tinha vários apelidos dentro da família como: Bill, Dudu, Miro, etc...
    De vez em quando as meninas batiam lá em casa, e chamavam Cláudio!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    E a gente de sacanagem, dizia que não tinha ninguém com aquele nome, e sim Argemiro...e ele ficava louco!
    Quando entrou para o exército, ganhou o apelido de soldado - Neto - pois o nome dele leva Neto...e assim é conhecido até hoje...mas o melhor da história, é que quando o filho dele nasceu, adivinha o nome que ele deu????????
    - Cláudio - pois era o nome que ele gostaria de ter.
    Bjoca no coração!
    Waleria.

    ResponderExcluir
  5. Taís, todo mundo tem uma historinha para nomes. Tinha uma amiga chamada Fércia, claro filha do Fernando com a Lúcia e voltando à minha Terra Natal, ouvi a Fércia chamando pelo Cláufer na pracinha. Concluí que a Fércia havia se casado com o Cláudio, namorado antigo! Gosto muito dos seus textos, beijão e Feliz Ano Novo! Marilia Chartune Teixeira

    ResponderExcluir
  6. Cara amiga

    Você me fez lembrar que alguns anos atrás trabalhava em uma empresa em que um colega nosso pois o nome do Filho de Jeffer.
    Um dia ele nos contou que sua esposa de carteirinha era fam de um artista que fazia filmes de Cawboy chamado Jeff Chandler. Quando o filho nasceu lá foram eles registrar o Jeff Chandler. Acontece que o escrivão bateu o pé dizendo que não iria por aquele nome, depois de muito bate boca chegaram a um acordo com Jeffer e sem o Chandler. Isso salvou o moleque.

    ResponderExcluir
  7. Taís,

    Teu texto está hilário ( e tem gente que se chama Hilário, diga-se de passagem)... rsrsrs.

    Na verdade, quando ouço um nome esquisito, eu choro de rir!

    Nem vou listar os lindos nomes que temos na família pois não ficaria bem... hehehe.

    Beijos,

    Jane (sem o Mary, please!)

    ResponderExcluir
  8. Excelente, Tais! Só faltou você comentar sobre alguns terríveis nomes bíblicos que o pobre coitado recebe, pois a mãe acha que assim ele será abençoado por Deus. Alguns até comuns:

    Josué, Josias, Jonas, Samuel, Moisés Ezequiel e por ai vai.

    E alguns terríveis, que a mãe escolhe pelos mesmos motivos que motivou a mãe anterior, com uma diferença: ela não quer ser repetitiva! (aí Jesuiz!) Juro que já conheci estes:

    Clerão, Esdras, Ezequias, Mersúlia, Malaquias e outros horrores.

    bjão e parabéns pela divertida crônica!
    Cesar

    ResponderExcluir
  9. Obrigada amiga,poís estou grávida e o pai do meu filho pretende homenagiar todos os mortos de sua família como nome do meu filho que vai nascer.
    isso não pode acontecer.
    vou brigar muito!!!
    manda aí uma lei pra me ajudar.
    beijos
    Helena Cynara

    ResponderExcluir
  10. Morri de rir com esta crônica, Tais, pois lembrei do pobrezinho do meu primeiro namorado, filho do Obiratan e da Inês... Já consegue imaginar o que deu, né! OBIRANÊS!!! kkkk Muito bonzinho o menino, mas desisti logo do namoro... vai que ele quisesse manter a tradição de família e trazer a este mundo uma SUZINÊS!!! rsrsrsrs Não dava né...

    Beijão!

    ResponderExcluir
  11. Noooooossa! Lá na Itália cada padrinho dá um nome ao pobre vivente,rs Ainda bem que depois fica só o da certidão! beijos,chica

    ResponderExcluir
  12. Querida amiga,
    Saudades!
    Um lindo dia para você, coberto de muita paz e amor!
    Com carinho
    Abraço amigo!
    Maria Alice
    Htts://www.facebook.com/mariaalicefcerqueira
    Blog http://www.mariaalicecerqueira.com/
    Site http://www.mariaalicecerqueira.com.br

    ResponderExcluir
  13. E eu pensando que meu nome , Sigberto, fosse estranho. Descobri recentemente que ha muitos Sigbertos no FaceBook. Sinto-me mais consolado e eu gosto de meu nome. Ja me perguntaram se sou descendente de Vikings, uma vez que o nome tem origem nordica. Mas foi minha mãe que lendo um romance gostou do nome do personagem e tascou na criança (eu). Obrigado mãe.. sempre gostei do meu nome.

    ResponderExcluir
  14. Muito bem Tais, um belo trabalho com esta salada estranha de nomes que bem conhecemos neste Brasil. Ainda tem aqueles nomes em homenagem ao santo do dia, tirado de uma folhinha catolica que tinham nas casas pregadas na porta da cozinha. E quando nascia homem e era dia de uma santa, ai a coisa fica feia mesmo,kkkkk.
    Gostei Tais economica,rsrs.
    Uma boa semana de paz e luz com flores de uma primavera, que seja de renovação em nós de todas as esperanças.
    Meu carinhoso abraço.

    ResponderExcluir
  15. Olá Tais,

    Houve época em que eu sabia de cor o nome completo de D.Pedro I. Até esnobava ao pronunciá-lo-rsrs. Meu marido não se conforma com estes nomes mal inspirados, mas que enchem os pais de orgulho. Lamento pelos portadores de tais nomes, pois quase sempre são alvo de gozação, principalmente no período escolar. O recurso jurídico traz ônus e muitos nem desejam se utilizar dele. Pior é uma advogado chamado Cunegundes. É mole?-rsrs

    Excelente, amiga.

    Feliz Primavera.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  16. Bom dia, querida amiga Tais.

    Adorei. Isso tudo mostra que muitos não se preocupam com o filho, sabendo que ele terá vida própria. É tudo em função dos pais. É difícil deixar de ser fantoche.

    Desejo-lhe uma linda semana.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Tais, a pior época de vida de quem tem nomes estranhos vai até a adolescência. Coitados, sofrem demais na escola. Quando adultos, podem fazer a alteração, mas de que vai adiantar ? Os traumas que ficaram não serão apagados e as gozações a que foram submetidos já passaram.
    Os cartórios, hoje, não podem fazer registros de grafias incorretas, mas também não podem impedir alguém de dar ao filho o nome de seu ídolo. Assim, sempre nos veremos diante de nomes estranhos. Grande beijo!

    ResponderExcluir
  18. Oi Tais,
    Adorei o Clã dos Clau, hilário. Bem,minha mãe optou pela devoção.Somos seis filhos, sendo desses quatro nomes dedicados às Santas e Santos conforme sua predileção. Tenho duas amigas de nomes esquisitos, uma é Abdauildes outro Rosuleta , claro as duas são conhecidas pelos apelidos, eu mesma passei a conhecer seus nomes próprios depois de algum tempo.Mas tem uma peculiaridade nesta coisa do nome, Muitas pessoas tem nomes horrorosos e intragáveis, mas conforme a gente vai convivendo e as conhecendo melhor ,e dependendo da pessoa em si, o nome muitas vezes passa por despercebido, tamanho o carisma dessa pessoa, e pode também ocorrer o contrário, já observei isto..Mas sinceramente acho que cada um deveria ter o direito de escolher o próprio nome, muito embora seja motivo de alegria para os pais a escolha do nome de cada filho. Chega a ser mesmo um momento de sonho. Ao menos deveriam usar de bom gosto, sempre.
    Adorei Tais, dei muitas risadas. Brilhante!! Bjs.

    ResponderExcluir
  19. Ah!! Voltei pra dizer que imagem também me encantou. Pura doçura. Bjs.

    ResponderExcluir
  20. Olá flor seguindo seu lindo blog*-*
    Vem conhecer o meu,bjs
    http://evangelizando-comamor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Meu Deus....como se procura o nome único para o filhote....
    Eu tenho um nome tão vulgar, que para conseguir ter um mail, tive de fazer várias tentativas e mesmo assim colocar um algarismo....Tal era a proliferação....
    E o mundo cheio de 'Cátias Vanessas'..........Conheci uma pecurrucha, que a mãe disse.....'E esta é a Princesa, irmã ali do Jonas.....'Afinal não sei se o Jonas era Jonas, mas a Princesa era 'Beatriz'.......Que mais dá...
    uma não era a outra......'Abernúncio...'
    Vou de férias. Só uma semanita
    Beijo

    ResponderExcluir
  22. Meu nome é diferente, não é invenção e nunca tive problemas! Gosto, de verdade, porque tenho a impressão de que é único. Beijinhos!

    ResponderExcluir
  23. Olá Tais!
    O que eu me diverti a ler o seu post! É realmente um bico de obra a escolha do nome dos filhos!
    Claro que é difícil agradar a todos mas...há nomes que são tão feiinhos que e que não lembram nem ao diabo!!! O vosso e nosso Pedro tinha um nome de se lhe tirar o chapéu...
    Tenho andado um tanto afastada por falta de saúde e de tempo
    Um abraço amigo.
    M. Emília

    ResponderExcluir
  24. Olá Taís e que tudo esteja bem!

    Postagem deveras interessante, e, que somente solidifica o que sempre costumo dizer, nós seres humanos somos capazes de tudo!
    Fosse este nosso documento RG daquela época do condenado regente, o dele seria parecido com aquelas caderneta, pois caso contrário não caberia o nome completo, ninguém merece carregar tamanha cruz!
    Alguns amigos dizem que também fui premiado pela sabedoria dos que nada tinha a fazer além de ficar inventando palavrões e chama-los de nomes!
    E assim sigo carregando a minha e espero não ter sequer deixado meus filhos sentirem o quando pesa!
    Belo e bem humorado escrito você compartilha cá com os amigos, obrigado e parabéns pela bela postagem!
    Também agradeço por tuas visitas e amizade e desejo que tenha em teu viver a felicidade intensa, um grande abraço e, até mais!


    ResponderExcluir
  25. Sabe Taís, penso que nome é igual cor, tem gente com cada gosto, o que para um é feio, para outros é lindo, ah! o importante é ser feliz, rsrs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Que tal o Onireves, até bem pouco tempo deputado federal? É Severino ao contrário, tá danado!
    Abraço, Tais.
    Jorge

    ResponderExcluir
  27. Pois é...Com tantos nomes descomplicados e lindos,apelam para a esquisitice do semi-estrangeirismo.Agora é a era deles aqui no Brasil...Mas voltando ao meu tempo...Prefiro não comentar,mas o meu nome nunca casou com meu gosto...Porque não Maria meu Deus!
    Beijos!
    Esse assunto é ótimo!

    ResponderExcluir
  28. Bom dia,estimada escritora!
    Teu texto é maravilhoso...fala tudo,como é difícil fazer a escolha certa.
    um abraço
    Sinval

    ResponderExcluir
  29. Taís,
    eu nasci em junho e não por acaso me chamo Antonio.
    Conheci uma Gosmelinda ( meri ) um Hitler ( acredite se quiser ) e um Jesus que nada tinha de parecido com o profeta Nazareno. É assim! Eu devo ter algo com meu santo Antonio casamenteiro. Afinal casei tres vezes...
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  30. Ola Tais, bom dia!
    Ah, este tema e critico e candente. Ultimamente vejo que escolhem nomes muito "exoticos"... e essas pequenas criaturas indefesas que nao podem se defender :D
    Que coisa horrivel ! Sera que seus pais nao logran comprender que estao escolhendo a identidade de seu filho, que ira enfrentar o mundo quando seu YO ainda é fraca? ? nada parece importar para alguns pais.
    Merlin, Atahualpa, Eldanir , ... oh, my God! quanta maldade. atitude maternal monstruosa! XD
    O nome pode ser mudado facilmente hoje, mas para conseguir isso diante de muitas crises e maus momentos passaram nossas criancas, momentos ruims que poderiam ter evitado sensatos pais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito Obrigada aos amigos:

      Patrick
      Lu Maria
      Magui
      Walper Lima
      Marília Chartune Teixeira
      Berna 2009
      Jane F.Carvalho
      Cesar Cruz
      Helena
      Suzy Rhoden
      Chica
      Maria Alice Cerqueira
      Sig Souza
      Toninho
      Vera Lucia
      Amapola
      Marilene
      Lourdinha Vilela
      Maria Assunção
      Andradarte
      Rovênia
      Maria Emília Moreira
      Sotnas
      Néia
      Jorge Sader Filho
      Izildinha Renzo
      Sinval Santos da Silveira
      Antonio Machado
      Carolina

      Com carinho.

      Excluir
  31. Apesar dos nomes estranhos acho surpreendente a liberdade que os brasileiros têm para porem os nomes que quiserem aos filhos. Nós aqui em Portugal, quando vamos registar um filho e se o nome não for corriqueiro o funcionário do registo civil vai consultar a tabela dos nomes e se esse nome não constar na tabela, ele não é aceite! Temos que escolher um nome masculino ou feminino que conte da tabela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Twoefes, sim, mas por essa liberdade toda, muitas vezes saem verdadeiras aberrações, coisas do arco! Mas se o nome for tão ruim, tão comprometedor, o dono quando adulto, pode retirá-lo o que está lhe causando tanto constrangimento. Tudo via Justiça. É só procurar um advogado.
      Abraços.

      Excluir
  32. Muito boa tarde querida Tais..
    ficou fabulosa a postagem.. e como este tema gera risadas srrs as vezes vendo um jogo na tv dai aparece um nome lá tipo o zavaleta rsrs jogador da argentina rsrs dai sempre sai aquela risada.. na valeta rsrs
    tem cada nome e sobrenome que não dá pra segurar não..
    o meu nome foi junção do meu pai Ademir com a mae Lurdes, e por ai vai..
    meu irmão diz minha mãe que eu escolhi a dedo.. enfim rsrs saio o Felipe biblico rsrs
    respeito muito o nome Jesus, mas tem uns que colocam o nome do primordial e terminam na cadeia.. de nada adiantou... sem falar que o nome oculto de Jesus é Jeoshua Ben Pandira..
    meu ex chefe tb era osso rsrs ele odiava o nome dele Sirlei Marcelo Taufer..
    muitos de nós só conheciamos ele por Marcelo..
    certo dia as dondocas do recursos humanos colocaram os nomes dos aniversáriantes num quadro de isopor.. mas sem o sobrenome..
    dai meu contramestre tava perto de mim e o tal chefe tb..
    ele disse rindo mas quem é o Tal Sirley rsrs
    e o chefe ai do lado.. sou eu rsrs
    caiu a cara dele rsrs
    ele tinha tentado tirar o nome primeiro.. mas não sei se conseguiu..
    mas agora falando de nomes, já pude ler e ouvir de pessoas mais sabidas que eu no assunto, que a gente escolhe o nome e a familia que vai nascer, sobrenome tb.. tudo por questoes cármicas.. assinamos um contrato antes da descida para cá e dizem que 7 anos antes a gente vem em corpo espiritual para o lugar onde vamos preencher com nossa vinda.. coisas da vida.. se é verdade ou não quando a gente adubar a terra e for ao outro lado vamos saber né srrsrs beijos e um lindo domingo pra vc.. até sempre querida amiag

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Samuel!! Péra, estou muito confusa, tentei unir o nome de teu pai e da tua mãe e não consegui ver Samuel! E essa do nome oculto de Jesus eu não sabia... De onde leste isso?
      Beijo, querido amigo, uma ótima semana.

      Excluir
  33. Olá Tais.. eles foram pegando as vogais e consoantes..
    tipo a letra a do pai, letras u, e da mae..
    as consoantes o S de Lurdes, L de Lurdes, M de Ademir..
    foi isso que me disseram rsrs as letras de ambos..
    sobre o nome de Jesus cristo. como eu acompanho a eubiose, já pude ler em livros e foi falado em um video sobre a história oculta de jesus cristo..
    enfim, tem muita informação além do que se sabe, muita gente vai descordar até dizer chega.. mas é assim hj em dia.. a verdade é somente nossa..
    espero que vc conseguiu achar meu nome do nome dos meus pais rsrs
    é uma confusão mesmo que eles fizeram mas saiu este aqui srs
    bjs e linda noite

    ResponderExcluir

MEUS AMIGOS - SUA ATENÇÃO...

1 - Este blog 'não envia nem recebe comentários anônimos ou ofensivos'. Meu e-mail está na guia superior, faça contato.

2 - Entrarei na página de comentários quando alguma resposta se fizer necessária.

3 - Meus agradecimentos pelo seu comentário, sempre bem-vindo.


Meu abraço a todos.
Taís Luso