19 de dezembro de 2011

QUEM TEM MEDO DAS ALTURAS?



- Tais Luso de Carvalho

Todos nós temos vários medos, e ter medo é saudável, serve de aviso, de alerta. Mas certas pessoas são talhadas para esportes radicais, para enfrentar o desconhecido. Superação é a meta. Mas que loucuuura!

E  pensando em alturas, veio à minha mente alguns medos que justificam uma certa paralisação motora. Uma perplexidade, um assombro, uma taquicardia, uma fobia diante das alturas.  

No caso do avião... putz, recordo que minha primeira viagem foi decepcionante; só fui comer do outro lado do Atlântico; atravessei o oceano enjoada e calada, só mexendo com os olhos. Romântico o fato de me imaginar sobre as nuvens e com o Atlântico aos meus pés... Um perfeito poema concreto. Fiquei paralisada: se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. Não sei como pude.  

Lembro da hora em que a aeromoça mostrou - com muito charme -, a porta de emergência, o salva-vidas e várias recomendações para salvamento. E um raio de saquinho na minha frente para caso de enjoo... E pensei: caracas, o que eu vim fazer aqui? Que forças ocultas manipularam meu consciente? É apavorante chegar à conclusão de que estamos nas mãos de poucas pessoas e, se estas falharem, se o comandante, se o computador, se a torre, se trovoadas, se um raio... Que Deus me receba em seus braços!



Lá embaixo o mar! O mar... ah, tão lindo o mar! Quantos poemas inspiram... Mas tenho fobia a mar; não sei o que pode andar sob meus pés ou ao meu redor. Só sei que aquela imensidão que cruza a linha do infinito, e que nunca acaba, me deixa em pânico, um tanto transtornada, insegura. Jamais cruzaria oceanos em transatlânticos. Sou arisca à água, à lugares que não tenho domínio. E eu lá nas alturas pensava, sofria... Mas nada contra o lindo mar que  inspira os poetas... Maravilha, mas to noutra. 



Outros medos que mexem muito conosco, são coisas dependuradas nas alturas. Dê uma olhadela aí na foto e pense. Isso é pra doido. É uma sensação horrorosa de impotência, de conscientização de que não somos nada, apenas um grão, dos mais minúsculos. E chegando a tal conclusão, isso mexe com toda a estrutura psíquica de gente que tem algum problema com altura. 

Essa rocha é uma das atrações da China, com 1400 metros de altura e que desafia os bem- aventurados a atravessarem 60 metros de passarela de vidro, calçando pantufas - para não deixar marcas. Chegam lá no topo através de um teleférico cujo percurso é de 2.400 metros. Dá pra imaginar? Olhem bem...


Passarela em construção...

China


China


Noruega



Se beber, não dirija...


Boa viagem! Eu vou ficando por aqui...



43 comentários:

  1. Tais,
    Teu excelente texto suscitou-me reproduzir aqui um texto que publiquei há algum tempo:
    Por pouco mais de quarenta anos voei como profissão. Por todo esse tempo voei sem muito pensar sobre o assunto, e sem teorizar sobre as razões que levam o homem a desafiar a gravidade, a elevar-se no ar e sentir-se algo como um pássaro desajeitado e barulhento, invadindo o espaço franqueado a nuvens e aves. Aliás, pouquíssimos têm sido os aviadores que se aventuraram pelo caminho de registrar na literatura suas experiências e sensações lá onde a liberdade parece uma coisa palpável e real, e as nuvens são vistas de cima. A aviação, ainda que considerada uma profissão charmosa e com certo mistério, parece, não costuma suscitar o surgimento de profissionais sensíveis dispostos a transformar em livros seus pensamentos e percepções quando observam a paisagem do alto para baixo. Os autores consagrados: Saint Exupery e Richard Back, talvez os aviadores-escritores que mais êxito tiveram nas suas carreiras literárias, são as exceções que confirmam a regra. Não nos esqueçamos que voar é, além de técnica, arte; Além da habilidade necessária para dominar uma máquina complexa, é a sensibilidade e delicadeza de transformar um mero deslocamento rápido em algo prazeroso e estético. Voar como arte é mais do que dominar as manobras e conhecimentos necessários para decolar, deslocar-se em cruzeiro e pousar com segurança. Voar como arte é “vestir” a aeronave como uma roupa sensível que reage às manobras de quem a comanda, e às forças externas que atuam sobre a fuselagem, superfícies das asas e empenagem; é perder o peso e a consistência, tornar-se insubstancial e transparente como aquele elemento que envolve e apóia a aeronave; é sentir-se como uma nuvem, mais até, é diluir-se e se transformar num ente etéreo, confundindo-se com o próprio ar.

    ResponderExcluir
  2. Bela postagem, e lindas imagens, passando para desejar um feliz natal. bjus tere.

    ResponderExcluir
  3. Tais, é impressionante tua habilidade para provocar o 'covarde' que há em nós através de teus textos, hein! rsrsrsrs Terminei a leitura sem nenhuma vontade de atravessar os 60 metros de passarela de vidro na China, por exemplo. Pra ser bem sincera, nem com elevadores panorâmicos me sinto à vontade... E os transatlânticos? Nem pensar! Mas não pense que não gosto do mar, eu gosto. Pelas canelas.
    Finalmente, pra não me sentir tão mal, sinto-me muito bem e à vontade voando. Encarei muito bem o primeiro voo, sinto até mesmo uma estranha sensação de liberdade. Tinha inclusive um sonho maluco de saltar de paraquedas... Mas isso foi até outro dia, quando um rapaz saltou e seu paraquedas não abriu, desaparecendo ele no mar que o recepcionou. Depois dessa, entrei pro teu time: boa viajem! Eu vou ficando por aqui...

    Amei, perfeição de crônica! Beijos pra você.

    ResponderExcluir
  4. Taís,
    compartilho com você o medo de altura e de enfrentar o mar bravo a bordo de um navio. Atualmente estou me encorajando e procurando superar as fobias - Exercício de inteligência emocional. Bem cá estou eu fazendo reflexões públicas! Acontece sempre após a leitura de suas crônicas!
    Um beijo de todos do atelier

    ResponderExcluir
  5. Eu confesso que prefiro o chão! rs
    Mas encaro!
    Amiga, o Natal está chegando...
    Desejo um lindo Natal e que 2012 seja maravilhoso!
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  6. Ao entrar no avião, procuro nem pensar,rs Mas se o fizermos é dooooooooose!!! Quanto aos outros lugares não teria coragem nesse último aí acima!! Isso é certo!!!

    beijos, e desejo que teu Natal seja lindo e que nos encontremos muitas vezes por aqui em 2012! chica

    ResponderExcluir
  7. Espetacular...!!!!Seleção fantástica...
    Adorei...Ver e Ler.....
    Bom Natal...e Bom Ano..
    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Oi Taís, realmente somos apenas um grão dentro desse mundo espetacular, e mesmo assim ,somos nós, seres humanos,muito capazes,dominamos céu e mares.Fiquei observando aquelas muralhas, imagina a capacidade física e psicológica dos operários que a construíram? O meu medo mais concreto e invencível é o medo de baratas.(Me recordei da sua postagem.
    Bem, passado os medos, quero te desejar um Feliz Natal e um Ano Novo repletos de saúde, alegria e realizações junto aos seus.bjs. familiares.

    ResponderExcluir
  9. Taís, hoje você judiou de mim! Essas fotos me deixaram com as mãos molhadas de suor. Não preciso dizer mais nada, já deu para sentir o que acontece comigo só de imaginar grandes alturas. Li o texto sem fixar muito o olhar nas imagens, senão depois terei pesadelos, que martírio, rsrs.
    Aproveito para lhe desejar um Feliz Natal, muita saúde e paz para toda sua família.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Tais
    Você combina muito bem o texto com as imagens...dá até um friozinho na barriga!

    ResponderExcluir
  11. Genial postagem, querida amiga Taís.Estupendo texto com imagens fabulosas. Desculpe a minha ausência. Muitas apresentações do meu livro e uma gripe em cima, furtaram-me o tempo para poder comentar e retribuir os meus seguidores. Aproveito para desejar um Santo Natal na companhia de todos os familiares e amigos e que no Novo Ano concretize todos os seus sonhos. Beijinho amigo. Boas Festas.

    ResponderExcluir
  12. Olá Tais! Ao ler o teu post, lembrei-me da minha primeira viagem num antigo DC-4 da VASP. Quase, Quase...

    O Natal está chegando, mais um final de ano que aos poucos vai se aproximando, e cada vez mais forte está a minha esperança do dever cumprido neste 2011. Procurei fazer o possível para agradar, tanto com o que postei de terceiros, quanto com as ínfimas baboseiras que criei.

    Hoje estou iniciando uma pausa para descansar um pouco a cuca e a carcaça, analisar os erros e os acertos, e dar uma arrumadinha no nosso humilde espaço, prometendo, se “DEUS” quiser, retornar em janeiro para dar continuidade às atividades.

    Aproveito a oportunidade para apresentar as minhas desculpas àqueles que, de alguma forma, não agradei com as minhas postagens, e agradecer a todos indistintamente, amigos(as) e seguidores(as), pelo carinho, compreensão e, principalmente, pelo grande apoio que é de vital importância neste mundo virtual, esperando no próximo 2012, continuar sendo merecedor dessas ímpares e valiosas companhias. Muito obrigado de coração.

    A todos, um “Maravilhoso NATAL” e um “Fantástico ANO NOVO”, não com fortuna, mas, com muitas felicidades.

    “QUE 'DEUS' SEJA LOUVADO”

    Arte & Emoções
    Rosemildo Sales Furtado.

    ResponderExcluir
  13. Oi Tais, passei por aqui para desejar-lhe BOAS FESTAS!!!!Que Deus Pai sempre te ilumine juntamente de "todos" que você ama.Suas postagens como sempre enriquecedoras e o Blog cada dia mais belo!!bjs

    ResponderExcluir
  14. Bom dia prezada amiga,
    Venho agradecer o seu carinho, atenção e compreensão durante este ano que foi coberto de lindas rosas e com alguns espinhos, que me ajudaram a crescer e a compreender ainda mais o valor da minha vida!
    Amiga muito obrigada por cada uma de suas carinhosas visitas, sua companhia, sua presença e sua força e apoio.
    Quero pedir desculpas pelo meu silencio, mas gostaria que soubesse que não foi proposital! Mas por conta de alguns desafios que a vida me trousse.
    Gostaria de lhe desejar um Santo Natal e que o Ano 2012 venha coberto de muita paz e Amor!
    Gostaria de lhe oferecer o selinho de Natal , tem dois pode leva-los ou escolha o que mais gostar, tem também o selinho de 400 seguidores que fiz com muito carinho!
    Dentro do mundo magico do coração quero muito lhe agradecer por tudo! Muito Obrigada de todo o coração!
    Tenha um lindo dia!
    Abraço Amigo!

    ResponderExcluir
  15. Adorei essa da china, deve ser uma visão maravilhosa eu não tenho medo de altura então enfrentaria numa boa rsrsr, mas que fica dificil não pensar e se esse vidro rachar, bem impossivel não pensar

    ResponderExcluir
  16. Eu tenho, e todos os meus amigos, virtuais ou não, sabem disso. O trabalho me obrigou,inúmeras vezes, a entrar num avião e, embora isso tenha se reduzido após minha aposentadoria, como não parei de trabalhar, vez em quando estou sujeita a isso que para mim é mais que transtorno. E o sufoco já começa quando a porta do "bicho" é fechada, - sou tomada por uma certa claustrofobia. rsrs Não tenho medo de voar... Tenho medo é de avião mesmo, porque ele é conduzido, comandado por pessoas. E penso como você: eu sei lá a quantas anda o humor de piloto, co-piloto, comissários de bordo!?...

    Do mar não tenho medo, não. Adoro navegar. Se puder escolher, escolho navio.

    Agora, essas escaladas, - esse povo que se pendura em cabos para atravessar de um lado a outro de montanhas, a alturas imensuráveis... Ou aqueles caminhos estreitíssimos cravados na rocha pelo qual muita gente passa para chegar a algum topo... Ui! Nem morta!

    Como sempre, Taís, me divirto muito por aqui. É querida, eu tenho mesmo que tentar rir da minha desgraça. Claro, foi possível por aqui porque neste exato momento meus pés estão no chão. rsrs

    Querida amiga, aproveito a oportunidade para desejar a você e ao querido Pedro muito Boas Festas e um 2012 com muita saúde, muita paz, muito amor, E SEM OBRAS AÍ, NO ANDAR DE CIMA. rsrsrs Bjs, linda. E inté!

    ResponderExcluir
  17. Meu Deus!!! Se quiser companhia, também fico por aqui (rss). Não gosto de lugares que me prendem ou assustam. Navios e aviões têm o poder de me enclausurar.
    Belíssima crônica e imagens lindas e assustadoras (rss).

    Retribuo seus votos, com carinho. Tive grande prazer em conhecer seu espaço, onde até cheguei tardiamente, nesse 2011. Mas a cada visita, um encantamento com esse seu jeito especial de escrever.

    bjs.

    ResponderExcluir
  18. Tais,excelente e divertida sua cronica!Confesso que não tenho medo de alturas,mas tb não sou chegada a esportes radicais!...rss...O mar, na verdade, me enjoa...prefiro ficar a beira da praia!...rss..Passei tb para agradecer seu carinho e desejar o melhor Natal do mundo a vc e sua familia e um Ano Novo pleno de saude, alegrias e muita paz!Bjs e meu carinho!

    ResponderExcluir
  19. Existem pessoas que afirmam que o medo, é um sentimento de defesa. Será ?
    Estou grato por ter comentado no meu blogue. Estou cá, a lhe desejar uma noite de Natal, agradavel, Santa e Harmoniosa.
    felicidades, sempre

    ResponderExcluir
  20. Amiga estou passando para desejar um feliz e abençoado Natal a todos os teus amigos virtuais e reais e a você que proporciona que nos conheçamos um pouquinho através das nossas participações independente de religião ou religiosidade o Sol nasceu para todos e eu Creio que Jesus também, querendo ou não o Natal é um fato.

    Medo de altura; rs.rs.rs não tenho, mas tenho aversão a répteis, bichos rastejantes em geral, rs,rs.

    Feliz NATAL no seu coração e na sua familia.

    ResponderExcluir
  21. Olá Tais
    Sempre fui corajosa, mas é incrível como os medos vão se intensificando conforme a idade avança! E confesso que eu tenho medo de altura.
    Quero lhe desejar um Natal muito feliz a você, e todos seus familiares. Um 2012 repleto de paz, saúde e muitas realizações. Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  22. Thaís querida uma delicia vir aqui e participar de tua linda casa, eu morro de medo de altura, adorei as imagens. Desejo a você QUE A PAZ DO MESTRE AMADO NESTA NOITE A INVADA DE TAL FORMA QUE A SUA VIDA SEJA RENOVADA,
    FELIZ NATAL
    LUCONI

    ResponderExcluir
  23. Oi Thais,

    Falar dos nossos medos é algo importante, pois só falando deles temos condições de aprender a conviver com eles.

    Hoje gostaria de agradecer pelos seus textos e te dizer que foi um prazer ler tudo que voce postou ao longo do ano! Obrigada pelas suas sempre inteligentes e bem colocadas palavras!
    E muito obrigada também pelo carinho e atenção com o meu blog.
    Que em 2012 nós possamos continuar a nossa jornada de promover um mundo melhor através de nossas Palavras!

    Abraços

    Leila Rodrigues
    leilarodrigues-palavras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Não tenho muito medo de altura, mas não chego a tanto...
    Taís, quero deixar aqui no seu cantinho, os desejos sinceros de muitas Alegrias nos festejos do ano que se encerra e que 2012 seja um ano de ânimo, de consagração e de realização de grandes sonhos!!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  25. Tais

    Muito obrigado pela visita! Saiba que conhecer seu blogue foi uma das coisas bacanas que me aconteceram em 2011! Feliz Natal para você também, viu?

    ResponderExcluir
  26. Oi Tais,
    há medos que não devem ser desafiados, assim, concordo que estar em conforto é verdadeiro bem-estar.

    Aproveito pra lhe agradecer o carinho e desejar-lhe um Natal abençoado, repleto de alegrias e amor constantes junto aos teus queridos.
    Feliz Natal!
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  27. Olá,Taís!!!

    Mas tu é fantástica na escrita!!! A fluencia do texto é um encanto!!
    E tens razão...existem coisas que quando realizamos...deixam de ser tão interessantes e românticas...como (no meu caso)viagens de barco...não é nada romântico ficar enjoada...rsrsrs
    Ainda não voei...mas iria, agora esta passarela de vidro...nem pensar!!!Deus me livre!!
    Não consegui ir em frente,na ponte pencil de Torres, preciso de terra firme nos pés...pensando bem...será que o avião será uma boa idéia???rsrsr
    *Querida muito obrigada pelos votos de natal!!Desejo um Feliz Natal pra ti e para os seus!Que seja pleno de amor, paz e muita saúde!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  28. Tais, que alívio que a gente sente quando superamos os medos.. Eu já tive medo até elevador rsrss, mas já superei..

    Desejo a você e seus familiares uma Natal especial, só de coisas boas. Um abraço de sua amiga virtual.

    ResponderExcluir
  29. Olá Tais!
    Venho desejar-lhe um feliz Natal e que o novo ano lhe proporcione tudo o que desejar,
    BOAS-FESTAS

    Ficou sem fôlego com as imagens e maravilhado com o texto.
    Bjo.

    ResponderExcluir
  30. Sim minha amiga eu também lhe faço companhia ficando por aqui. Hoje venho especialmente para desejar um Natal muito Feliz e que o novo ano seja repleto de alegria, saúde, paz e amor. “A Melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida.” (autor desconhecido)
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  31. Olá Tais
    Passei para desejar a você e família um Feliz Natal e um Ano Novo repleto de saúde e realizações.
    Bjux

    ResponderExcluir
  32. Você escreve de forma encantadora. Gosto de viajar de avião, sinto-me seguro, mas enfrentar qualquer outra altitude me incomoda bastante, até uma simples passarela sobre uma avenida.
    Agradeço por visitar-me constantemente e por suas palavras amáveis.
    Desejo-lhe um feliz Natal, muito abençoado e um ano de 2012 de muita paz.

    ResponderExcluir
  33. Ai eu ia adorar essa passarela...
    Altura não me amedronta em nada, já passei por fortes turbulências em aviões e nunca pensei que ia morrer naquele momento, básico, acontece.
    Já no mar, eu fico bem atenta aos meus limites, porque quando o mau humor reina nas águas, o destroço pode ser um grande sufoco*.
    Agora se uma baratinha aparecer na minha frente, hahaha, dependendo da proximidade posso morrer sim, de um ataque fulminante no coração...

    Feliz Natal Tais!
    Tudo de bom para esse 2012!
    Bjoo!

    ResponderExcluir
  34. Taís querida!
    Boa noite de antevéspera do Natal!
    Está chegando o momento mais importante do ano!

    "O NATAL

    Ouvi dizer que o Natal perdeu seu significado...
    Que deu lugar ao consumismo,
    Árvores de Natal
    e Papai Noel

    Mas eu prefiro lembrar que neste Natal,
    Por conta dos empregos temporários,
    Muitas pessoas puderam resgatar um pouco de sua dignidade.

    E que por conta do dinheirinho extra que receberão
    Muitos pais e mães de família poderão
    Oferecer uma mesa mais farta aos seus filhos

    Prefiro lembrar que
    por conta das Campanhas de Solidariedade feitas nesta época
    algumas crianças ganharão, sim, algum brinquedo.

    E que você...
    Você poderá dar Aquele Abraço nas pessoas que você gosta
    Mas que “por falta de motivo” pra abraçar
    Ficou contido até agora...

    E, talvez, neste momento você perceba que,
    Bem ou mal,
    No Natal, o Amor está em toda parte!

    Mas, se ainda assim, você não quiser celebrar nesta data
    Não tem problema:
    Quero te convidar a viver com o Espírito do Natal
    Todos os teus dias!"
    Texto de Augusto Branco
    ********************************
    Sônia Silvino's Blogs agradecem a sua companhia carinhosa
    em 2011 e deseja a você um Natal muito especial!!!
    Feliz 2012 a você e sua família!!!

    ResponderExcluir
  35. Querida, muita paz,luz,alegria, amor e sobretudo momentos inesquecíveis.Bom Natal!Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  36. Olá Taís,
    Passando para desejar a você e à sua família um mágico Natal, pleno de paz e luz.
    Que em 2012, hajam muitas realizações, prosperidade, amor e saúde.
    Um grande beijo,
    Maria Paraguassu.

    ResponderExcluir
  37. Taís,
    Passando para te desejar um Feliz Natal, grandes bençãos estejam sobre você e sua família. beijo

    ResponderExcluir
  38. Adoro o Mar e tenho medo de andar de navio, não tenho medo de andar de avião, mas tenho medo de altura...
    De nada mais, tenho medo!

    Vim ao Porto, li a importante crônica e agora quero agradecer seus votos de Feliz Natal. Como ainda é Natal, quero desejar-lhe muitas alegrias, hoje, amanhã e sempre, Que 2012 seja pleno só de bons momentos.

    Meu carinhoso abraço, composto de beijinhos...
    Lúcia

    ResponderExcluir
  39. Oi, Taís!

    Essa crônica me lembrou uma música antiga de Zé Ramalho: Filhos de Ícaro, na estrofe:

    ...as alturas merecem todas as asas!

    Ótimo 2012 para você, para todos nós que aqui estamos.

    ResponderExcluir
  40. Estas palabras mensajeras a traves de las distancias, deseo lleguen a ti y seres queridos , portadoras de cariño y energias de BienEstar:
    Que tú corazón esté ligero y tus bolsillos pesados.
    Que la Buena suerte te persiga.
    Que cada día y cada noche tengas muros contra el viento, y un techo para la lluvia.
    Que tengas alimento junto a la fogata y, risas para consolarte.
    Que aquellos a quienes amas estén cerca de ti,

    Y........todo lo que tú corazón desee!
    .
    FELIZ NAVIDAD!!!
    .
    Abuela Cyber

    ResponderExcluir
  41. Amiga eu também vou ficando por aqui coladinho no chão só de ver já deu tontura! Tudo de bom em tudo em 2012 e sempre!

    ResponderExcluir
  42. Tenho no celeste uma estrela como minha
    No contar das vagas formulo sempre um desejo
    Acredito em tanta coisa estranha para outros
    Sabem lá o que sinto toco e vejo

    E falo sem que queira a palavra como resposta
    E voo nas maravilhas que minha alma cria
    E vivo na magia que me foi oferecida
    Choro quanto pinto com as cores da alegria

    Que Mundo este onde me colocaste Deus
    Que vertigem esta procura apaixonante e sem descanso
    Sei que as estrelas são teus luzeiros e olhos
    E a minha estrada este…Mar Manso…

    Um mágico novo ano


    Abraço

    ResponderExcluir

PARA OS MEUS AMIGOS - SUA ATENÇÃO...

1 - Agradeço os comentários dos queridos leitores e amigos, sempre bem-vindos, um grande abraço a todos! Voltem sempre.

2 - Entrarei na página de comentários quando alguma resposta se fizer necessária.

Taís Luso