16 de maio de 2014

CHARLES DARWIN - Evolução


    - Tais Luso de Carvalho

Charles Darwin nasceu em 12 de fevereiro de 1809 na cidade de Shrewsbury - Inglaterra. Foi um menino dócil, meditativo e observador penetrante de tudo o que o rodeava. Mesmo quando posto diante do perigo, era capaz de prosseguir as suas observações, apesar do medo.

A princípio, Darwin esteve inclinado para profissão paterna, mas em breve as aulas teóricas e práticas de anatomia começaram a entediá-lo. Seu temperamento compassivo não lhe permitia suportar as demonstrações cirúrgicas. Naquele tempo, operava-se sem anestesia. A cirurgia de uma criança atormentada e seus gritos o perseguiram por muitos anos. E ali acabou o sonho de seu pai – do filho médico. 
De sua outra ocupação - a Teologia -, passou ao estudo dos homens - Antropologia.

Quando esteve perto do Rio de Janeiro, viu o barbarismo da escravatura. Teve náuseas. E do veleiro inglês Beagle, escreveu seu Diário:

'Morei em frente a uma casa de uma velha senhora que esmagava com um parafuso os dedos das suas escravas. Hospedei-me em uma vivenda em que um jovem mulato, a todo o dia e a toda a hora, era alvo de injúrias, maus tratos e perseguições suficientes para quebrantar o espírito do mais vil dos animais.

Esses atos são cometidos e desculpados por homens que professam amar o próximo como a si mesmos, que creem em Deus e pedem que seja feita a sua vontade na terra!'

A vida inteira Darwin conservou o coração aberto aos sofrimentos dos homens, como, por exemplo, a escravidão – vista na costa brasileira. Por cinco anos viajou e fez suas pesquisas a bordo do veleiro Beagle.

Raramente capturava insetos vivos, preferindo apanhá-los quando os achava já mortos. Não achava direito matá-los, apesar de um dia ter caçado um pássaro, mas presenciando o estrebuchar do animalzinho ferido, resolveu nunca mais causar sofrimento ou morte a qualquer ser vivo, por mero prazer.

O HOMEM, segundo Darwin, é a mais elevada forma de vida sobre a Terra. Conseguiu o domínio sobre os outros animais, por meio da lei da sobrevivência dos mais capazes, o que não quer dizer que sejam esses os mais fortes nem os mais sanguinários, e sim os mais adaptáveis.

Segundo Darwin, o homem é um animal social. Não foi criado à imagem de Deus, e não é um anjo caído, mas um selvagem evoluído. Na escala da vida evolutiva, deve ser ainda classificado como um animal. Animal com infinita capacidade para o amor.

O principal objetivo de sua vida era descobrir a verdade sobre a evolução do homem, não tomando atitudes superiores diante dos antagonistas, nem diante dos colaboradores. Darwin tinha algo do sentimento de solidariedade de Buda para com todo o gênero humano – o mesmo para com todos os seres da natureza. Não tinha muita certeza de crer em Deus, ainda mais após a morte de sua filha Annie, um dos estopins para sua descrença. Porém tinha plena certeza de acreditar no homem – declarava.

Credita-se ou desacredita-se a Darwin a teoria de que os homens descendem dos macacos. Na realidade, ele nunca afirmou tal coisa. Achava que homens e os símios são descendentes de um ancestral pré-histórico comum, atualmente extinto. O macaco, em outras palavras, não é nosso avô, mas 'primo'.

Darwin era agnóstico, achava que o mundo era muito cheio de sofrimentos para que tivesse sido criado por um Deus. O senso de respeito, o hábito de considerar com simpatia os sentimentos alheios, era a nota principal do caráter de Darwin.

Veio a falecer em 7 de março de 1882, aos 73 anos e sem nenhum medo em morrer, pelas ímpias doutrinas que criara. Seus inimigos encomendaram-lhe a alma ao inferno. No entanto, disse uma velha e piedosa dama inglesa:

- Darwin provou que não existe Deus, é verdade, disse ela. Mas Deus é tão bom que há de perdoá-lo!

__________________
Referências: Vida de Grandes Cientistas – Henry Thomas / ed. Globo 1956



23 comentários:

  1. A Origem das Espécies, eu não tenho nenhum problema em crer que evoluímos do primata, pois pode ser mesmo que seja assim!
    Gosto até de poder pensar sobre isso, os estudos indicam e cientificamente há provas dessa evolução, ciência é tudo, se se pode provar é por ser mesmo assim, mas há e muita polêmica, pois a religião sempre há de bater de frente...
    Não estou me contradizendo aqui,(por acreditar em alma e espírito), pois quem pode afirmar que os macacos não tenham almas e espíritos como os animais homens? Havemos de pensar muito sobre isso!
    Abraços e tenhas um lindo fim de semana!

    ResponderExcluir
  2. Olá Tais,

    Muito bom ler um pouco mais sobre esse grande cientista. Desconhecia alguns desses pormenores acerca da personalidade e caráter de Darwin . Apesar de agnóstico, pode-se observar pelo relato que ele foi mais cristão que muitos cristãos, haja vista o desalento demonstrado por ele diante da dor alheia e o respeito por qualquer ser vivo. Concordo com ele quanto à assertiva de que o homem é 'um selvagem evoluído'; aliás, muitos homens ainda apresentam característica selvagens, não é verdade?
    Quanto à teoria de Darwin sobre a evolução humana, há controvérsias. Creio que há coisas inexplicáveis à luz da ciência. O mundo continua cheio de sofrimentos e à medida que evoluímos vamos entendendo que não viemos para o mundo a passeio, mas para aprender e evoluir espiritualmente e que o sofrimento faz parte do processo desse aprendizado.

    Beijo e ótimo domingo.

    ResponderExcluir
  3. Um bom e reflexivo texto,Tais...Papo cabeça,rs...Legal! beijos,ótimo fds!chica

    ResponderExcluir
  4. Darwin foi um homem que procurou o seu ideal. Quem procura o seu ideal chega longe. Qualquer grande personalidade da História o fez. Não cessemos nós também de procurar os nossos ideais.

    ResponderExcluir
  5. Tais,eu adorei esse texto com fatos da vida de Darwin que eu não conhecia. Bjs,

    ResponderExcluir
  6. Quando se deixa de lado fundamentos escravizantes libera-se o intimo de nossa alma. Crer ou não Crer... eis a questão... Muitos "crentes" ficam em enorme débito diante de atitudes de certos "agnósticos". Excelente reflexão, Tais.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  7. Querida amiga

    Darwin exercitou ao máximo,
    este milagre chamado inteligência.
    Penso que havia nele muita fé.
    Não a fé cega, baseada em dogmas
    que não se justificam,
    mas a fé na vida,
    que é ao mesmo tempo esperança
    e reencontro com Deus.

    Reencontrar sonhos,
    é reaprender o sentido da vida.

    ResponderExcluir
  8. GRACIAS!
    HOY ESTOY ESTUDIANDO BIOLOGIA. PARA MI EXAMEN DE MAÑANA Y JUSTO LEEO SOBRE DARWIN AHORA MISMO. ASI QUE ME ES MUY UTIL... Y REGRESCO MI PORTUGUES.
    GRACIAS

    ResponderExcluir
  9. Oi Tais,

    e que todos nós sejamos perdoados pela animosidade velada que vive em cada um!!!
    Lindo texto! Uma excelente aula!
    Abs

    Leila

    ResponderExcluir
  10. Acho que afirmar que o homem descende do macaco é uma desfeita para com o pobre primata, pois prefiro o procedimento do mesmo, ao de muitos homens lá na praça dos "Três Poderes" em Brasília. Rsrs. Belo texto Taís! Confesso que desconhecia muito sobre a vida do grande Darwin.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  11. Very interesting and nice post.
    Greetings.

    ResponderExcluir
  12. Olá Tais, penso que Darwin veio com a missão de nos ensinar a amar mais.Como não suportava as crueldades chegava a duvidar de Deus, que com certeza foi perdoado, pois o que nos ensinou foi maior que sua descrença.Texto magnífico. Penso também que deus, às vezes manda seres mais evoluídos para nos ajudar no caminho da evolução. Parabéns pelo belo e interessante texto. Grande abraço!

    ResponderExcluir
  13. Se os Homens não tivessem tanta tendência irracional, talvez se tornassem Humanos.
    Na verdade é o fundamentalismo da (dita) Raça Superior que rebaixa o conceito de que somos todos iguais. Só que uns são mais iguais que outros.
    Darwin demonstrou e testou pelo o seu exemplo.

    Enriquecedora Crónica.


    Beijos



    SOL

    ResponderExcluir
  14. Anônimo20:01

    It's hard to come by educated people about this topic, however,
    you sound like you know what you're talking about!
    Thanks

    my homepage: Effects Of Green Coffee Bean Extract

    ResponderExcluir
  15. Olá.

    Para você, os meus sentimentos carinho.
    Meus desejos de um tempo de harmonia e contentamentos.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  16. Tais, desconhecia o lado humano dele, mencionado em sua postagem. Foi-nos apresentado como o desenvolvedor da teoria que teria afirmado serem os homens descendentes do macaco.
    Admitindo ele ser o homem um animal com infinita capacidade de amar está, em meu entender, mostrando crença na humanidade, apesar de tudo que viu e viveu. E teve uma existência sábia, uma sensibilidade própria de grandes espíritos. Gostei muito de ler sua postagem. Bjs.

    ResponderExcluir
  17. Olá minha queriuda amiga Tais, sempre providenciais teus posts para mim, e este veio num momento bem importante...depois daquela cena lamentável de racismo com o jogador brasileiro na Europa, e outro jogador lançar a campanha #somotodosmacacos, o que não gostei, mas como o tema me diz respeito, por ser negro, levei para o lado científico, daí o Darwin, mas graças as tuas palavras, ao teu texto sempre impecável, esclareceste esta dúvida, porque o Darwin, ao contrário do que pensava, não nos achava descendente dos símios, e sim no máximo primos (adorei primos rs), enfim...mas este homem é um exemplo de como bem viver e se relacionar com seu semelhantre ou não, é daquelas pessoas especiais que o corpo vai, mas a obra imortaliza...Obrigado por mais um esclarecimento para meu cérebro rs e obrigado por sempre achares palavras boas e belas para mim.
    ps. Todo meu carinho meu respeito e meu abraço.

    ResponderExcluir
  18. Acho que esse lado complacente de Darwin explica o fato de se tornar "ateu", ao se comparar aos atos das pessoas que se cobriam com o manto religioso, e cometiam atos inversos aos ideais bíblicos.
    É como se a religião fosse um remédio, quem mais precisa, mais doente está.
    Belo Texto.

    ResponderExcluir
  19. Olá Tais!

    É com uma baita cara-de-pau e na torcida se ser compreendido, que passo por aqui hoje, com esta mensagem padrão, para lhe convidar a conhecer o meu novo livro: Tempos Verbais! Assim como os demais, ele também está disponível gratuitamente em formato eletrônico:

    Desce Mais Uma! - Lançamento Tempos Verbais

    Se puder me ajudar divulgando aos seus amigos, ficarei muito grato!

    Muito obrigado,

    Rafael

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É com gosto que divulgo, Rafael.
      Parabéns pelo lançamento e boa sorte com o filho novo!
      Abraços.

      Excluir
    2. Muito obrigado, Tais! Pela torcida e pelo apoio!!

      Abraços!

      Excluir
  20. Ola Tais, vim agradecer sua visita e por seguir meu blog. Gratíssima, você será sempre bem vinda aos meus cantinhos.
    querida, no meu outro blog, postei uma excursão que fizemos com os alunos na escola que leciono, apesar da idade ainda estou na ativa na rede Estadual. A excursão foi em uma reserva florestal que tem o nome de Charles Darwin. Muito lindo o local, fica em Pernambuco.
    adorei sua postagem, muito bem redigida e organizada. Parabéns!!
    Abraços uma tarde abençoada e uma semana feliz.
    Abraços Profª Lourdes Duarte
    Charles Darwin

    ResponderExcluir
  21. Eu já "me perguntei" por que tanto sofrimento na vida de pessoas que nada de errado fizeram. Inclusive crianças. Os espíritas encontraram uma forma de viver com isso e não sofrerem com isso. Pelo menos, eu acho. Não sou entendida.
    Muito sábio, nosso amigo Darwin.
    Bela postagem!

    ResponderExcluir

SUA ATENÇÃO...

1 - Agradeço os comentários dos queridos leitores e amigos, sempre Bem-vindos!

2- Comentários ANÔNIMOS não são postados. Assine.

Um abraço a todos!
Taís Luso