27 de maio de 2013

VENDE-SE UM LINDO APARTAMENTO...



         - Tais Luso de Carvalho

É desolador saber o destino que pode ter uma transação imobiliária, na qual homem ou mulher mostram seu péssimo caráter ao ultimar um negócio; é desolador ver que eles olham apenas para si, visando o lucro, sem escrúpulos.

Trata-se de uma ex-colega de um curso que fiz. Não é amiga, mas resolveu me telefonar porque queria vender o seu apartamento e comprar outro em meu bairro; perguntou se eu sabia de algum. Dei o nome de várias imobiliárias ou que fosse olhar nos classificados de domingo. Então: vender o seu e comprar um outro. Não necessariamente nessa ordem.

É o tipo da pessoa que procura o melhor apartamento da cidade pelo menor preço do mundo; é do tipo que desvaloriza todos os apartamentos que vê, na esperança de que o proprietário baixe o preço. Deu de cara com um coitado – que estava necessitado em vender rápido –, pois sua mãe estava numa casa de saúde com Alzheimer, e o custo para mantê-la era alto.

O negócio estava quase fechado, por excelente preço, mas ainda não satisfeita, contou-me que pediu que o proprietário deixasse um armário, as cortinas da sala e um ar-condicionado – para fechar o negócio na hora.

Pronto, vai cair a venda! Ela está exagerando na negociata – pensei enquanto a ouvia pelo telefone.

Que luta para ficar com umas cortinas usadas, um armário e um ar-condicionado habitado por morcegos. Pra quê? Mas a mulher conseguiu ficar com as tralhas. E com o apartamento, lógico.

Dias depois, a infeliz, pôs o seu apartamento à venda. Eu não conhecia o apartamento, só ouvi falar... Disse-me ela, que mostrava somente à noite, pois trabalhava e não tinha condições de mostrá-lo de dia. Achei esquisito aquilo. Desconfiei daquela sua atitude. Não é difícil conhecer alguém sovina. Havia algo por trás daquilo - pensei.

Tecia mil qualidades do seu pequeno apartamento. Elogiava tudo: não interessava a idade do prédio e nem o valor do metro quadrado. Era um apartamento perto das faculdades, próprio para estudantes. As reformas feitas ganharam a dimensão que não valiam. E eu ouvindo... Sou pacienciosa ao telefone. Mas só ao telefone, deve ser um defeito meu; deveria ser o contrário.

Bem, mas tudo me irritava, e muito mais sua voz. É difícil de conviver com alguém que desvaloriza tudo dos outros e valoriza demais o que é seu. Duas semanas depois recebi seu telefonema dizendo que fez um negócio da China: mostrou o apartamento de noite!

– Você vendeu mostrando de noite?

– Claro, por isso falei em negócio da China; o casal estava com pressa!

Depois entendi! Um dos quartos dava para um paredão do edifício do lado: úmido e escuro! Valeu-se da inexperiência e da boa fé do casal do interior. Não abriu a janela do quarto devido aos entulhos colocados perto da janela, propositalmente.

Só escutei a mulher rir feito uma hiena do outro lado da linha. Do lado de cá, fiquei muda, mas ainda tive de ouvir uma frase que odeio:

– O mundo é dos vivos, querida!

Sim, sei que existe gente bem viva que habita esse mundo.
E fiquei com muita bronca  por ter sido usada para uma alegria tão podre.

.........



39 comentários:

  1. Tais,

    Infelizmente, esses seres muito "vivos" estão em todos os lugares, valendo-se da ingenuidade dos outros... Uma pena para eles, os sovinas, que terminam seus dias sozinhos, pois acabam afastando as boas amizades de perto de si! E, certamente, uma boa amizade e uma boa reputação valem bem mais do que um apartamento conquistado por meio de embuste. Lamentável para a 'hiena' da sua história!

    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Suzy, sim, podem levar vantagem no início, mas o fim dessas hienas é sempre triste, como merecem. O pior é que, sem querer, podemos fazer parte de suas alegrias.
      Beijo pra você!

      Excluir
  2. Limerique

    É, existe muita gente que abusa
    Malandragem no negócio acusa
    Quer sempre se dar bem
    Se incauto lhe advém
    A velha lei de Gérson então usa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jair, essa lei de Gérson é a cara do país. Em vários lugares encontramos um discípulo do homem!
      Um abraço, obrigada!

      Excluir
  3. Olá Taís,
    o nojo que você sentiu eu também senti!
    Você escreve tão bem que nos contagia com suas emoções. Nesse caso do apartamento a sua 'amiga' espertalhona,'viva', ajudou bastante,
    Note que os melhores personagens do teatro são os canalhas - vilões de um modo geral!
    Um grande abraço, ainda bem que nem todo mundo é 'esperto'! Loyde manda beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Antonio,
      é verdade, você lembrou muito bem! São os 'melhores personagens'. Eles são tão ricos de podridão que não passam desapercebidos, e dão ótimas histórias. Adorei essa sua...

      Obrigada, sempre, pela sua participação.
      Beijos pra querida Loyde, também.

      Excluir
  4. o unico negocio bom, é o negocio justo. os espertos sao as principais vitimas de contos do vigario. de certa forma, quem caiu na falcatrua queria fazer um negocio da china, seu comportamento é similar ao do golpista. O mundo é dos justos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que penso: os 'verdadeiros malandros' são aqueles que andam dentro da lei e fazem as coisas certas, nunca terão incômodos.
      Obrigada pela presença, Benno!

      Excluir
  5. Hola Tais:
    Hay un proverbio español que dice: “De noche todos los gatos son pardos” y eso es lo que hacía tu conocida o amiga, para que no se viesen los defectos de su apartamento.
    Un fuerte abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Amélia, sim, aqui esse provérbio também é conhecido. Ela conseguiu vender gato por lebre!
      É apenas conhecida minha: não é minha amiga.

      Beijo pra você, obrigada pela sua participação!

      Excluir
  6. Taís, tenho total repúdio a essa frase também. É incrível como as pessoas fazem de tudo para ganhar de qualquer forma. Com certeza ela detestaria ser enganada. Mas é claro que ela conta com sua esperteza sempre, em todo momento.

    O pior de tudo é que esses não são casos isolados... É um de muitos. O Ser humano é difícil...

    Caramba, adorei essa crônica e a forma como foi escrita, Tais. Muito bom!

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fellipe, você disse bem, isso não é um caso isolado, tenho visto tanto! Infelizmente somos um povo que se orgulha de ser malandro, de lograr meio mundo, de ser esperto. Tirar vantagem nem que o outro se estrepe, é um dos mandamentos. Muitos fizeram escola e salve-se quem puder.
      Obrigada, Fellipe, adorei você aqui.
      Beijo.

      Excluir
  7. Eles são peritos em enganar pessoas
    conhecem através da sensibilidade dos outros
    como podem atuar
    e atuam e vivem assim...vivem? Penso que sim,
    pois não têm consciência e amor!

    Gostei do texto e da verdade traduzida nesse texto!

    Maria luisa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Luisa, você diz muito bem: essas pessoas não tem sensibilidade e nem amor, porém acho que consciência elas tem. Tenho assistido inúmeros vídeos com a psiquiatra 'Ana Beatriz Barbosa Silva', acho que você vai gostar de ver, assunto palpitante.

      https://www.youtube.com/watch?v=nqoV9bLYkyE&feature=player_detailpage#t=1s

      Obrigada pela sua presença, sempre muito bem-vinda.
      Abraços!

      Excluir
  8. Querida Parabéns pela sua paciência em ouvir.
    Sinceramente, rs mesquinharia de mais ,sem mais delongas.
    Bjss bom feriado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bella, se eu soubesse o desfecho certamente não ouviria e nem teria a tal paciência.
      Um beijo pra você, obrigada!

      Excluir
  9. Tais, como isso incomoda! Não sei se alguém assim consegue ser, realmente, feliz. Explorou um necessitado e se aproveitou da inexperiência de outro. Ainda acredito que esse riso dela virá a se desfazer porque a maldade ( e foi assim que agiu) traz consequências. Parabéns pela ótima crônica. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marlene, acredito que esse tipo de gente nunca consegue ser feliz. Essa ânsia, esse egoismo, essa falta de empatia com o outro só pode deixá-los mais infelizes. Ninguém quer conviver com esse tipo de gente. E mais: não é um caso isolado...

      Um beijo pra você.

      Excluir
  10. Muitas vezes quando perdemos a esperança e pensamos que é o fim,
    Deus sorri lá de cima e diz:
    Acalme-se confia em mim... é apenas uma curva não é o fim!
    Se Deus encheu tua vida de obstáculos,
    é porque ele acredita na tua capacidade de passar por cada um!
    Se não podemos mover a terra com nossas palavras,
    podemos mover o céu com as nossas orações!
    Nossa amizade é como um diamante lapidado...
    Seja feliz, DEUS estará sempre ao seu lado!
    Um carinhoso abraço beijos no coração.
    Carinhos na Alma.
    Sempre sua amiga..Evanir..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Evanir, bonita sua mensagem.
      Um beijo pra você!

      Excluir
  11. Taí uma questão que eu venho acompanhando de perto ultimamente: moradia. Há tempos que eu venho procurando um lugar mais perto do meu trabalho e tenho trabalhado duro para tal aquisição, mas aqui em SP - e pelo que eu leio nos outros estados também - estamos diante de uma situação em que várias pessoas compraram na planta com o único intuito de verem os imóveis se valorizarem pra depois venderem muito mais caro pra quem precisa de moradia. O resultado são vários apartamentos a casas custando fortunas fazendo estoque e poucas pessoas com condições de comprar. Se é esse o sistema que a gente vive, ganhando em cima das necessidades dos outros, o fato é que os ganhadores de hoje poderão ser os perdedores de amanhã, não são poucos os casos de bolha imobiliária pelo mundo e de economias de países inteiros que foram devastadas por conta de tanta ganância e "esperteza".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo e concordo em tudo! Esses casos não são isolados, estão espalhados, parece que está se tornando regra. Como sempre, uns enriquecem às custas dos outros. Mas, esse é o país que vivemos. E acontece em todos os setores, a tal lei de Gérson...

      Excluir
  12. Pois é....Oportunistas, vulgo espertalhão sempre existiu, mas gente bem intencionada também (felizmente). Há um ditado que diz que em negócios....,é preciso ter um olho no burro e outro no cigano.....
    O cigano que desculpe, mas é a verdade.
    Eu já caí 'nessa', numas obras de renovação....Culpa
    minha, que fui procurar o melhor preço sem conhecer
    o material..Cada um faz a cama onde se deita. Hoje...
    não caio mais...
    Sempre crónicas 'divertidas' ....mesmo reais.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Andrade, quem não caiu numa armadilha, refém dessas mentes? Eu caí muitas vezes, mas dado aos fato tornei-me super desconfiada - o que não acho mal. Não deixa de ser uma defesa. Mas creio, assim mesmo, que não estou imunizada contra golpes. Mas é mais difícil.

      Beijos, bom você por aqui!

      Excluir
  13. Boa noite... é bem assim mesmo né.. muito boa visão.. .. por mais que o sol não o envolva de luz quando a energia dentro do mesmo é harmoniosa é o que vale.. tenha uma linda noite..Tais..

    http://lapidandoversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela sua presença aqui no blog, Samuel!
      Volte sempre.

      Excluir
  14. O brasil é um lugar maravilhoso, o problema é que ele está cheio de brasileiros. É uma pena constatar que a lei de Gerson é algo que não morre neste país. O chato é que quem acaba sendo tachado de chato é o que reclama.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acertou, Thomaz! A terra é linda, mas como tem gente trapaceira... Você já imaginou uma terra dessas e um povo honesto, certo, culto, vendendo saúde e orgulhoso de seus políticos? Nem um poeta conseguiria descrever.

      Abraços, obrigada!

      Excluir
  15. Olá Tais!
    Aí como cá abunda desse tipo de gente espertalhona e sem escrúpulos! Sempre prontos a passar a perna em todos. Até em coisitas sem grande importância...
    Conheço bem essas"aves"! Já convivi com uma algum tempo.Felizmente agora estou afastada. Ao ler a sua crónica, relembrei todas as embrulhadas em que estive metida por causa dessa "sujeita"!
    Sou de raciocínio lento...mas aprendi,(penso eu). Espero não encontrar mais ninguém do género e ter uma recaída!!!
    Um abraço.
    M. Emília

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Emilia, também penso que aprendi, mas... quando penso que fiquei esperta, vem algo diferente. Mas, pelo menos vamos ficando em estado de 'alerta'!
      Gostei das 'aves'.

      Beijo!

      Excluir
  16. Tais,
    Taí uma coisa que deixa a gente com vergonha de fazer parte da sociedade em questão. Por ai tem muitas pessoas como essa que você cita e olha a frase "o mundo é dos espertos" foge aos padrões morais. Bom desabafo querida.
    Bjkas doces e uma boa semana.
    Estou meio devagar com as visitas pq ainda sinto dores ao digitar, mas vou chegando devagarzinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marly, você vem chegando devagarzinho... que bom!
      Infelizmente existe isso, e muito. Aborrece, enraivece.
      Te cuida, amiga, e muito obrigada pela presença!
      Beijos e melhoras!

      Excluir
  17. Olá, querida Tais!

    Cá estou de volta a mergulhar nesses seus relatos e reflexões!
    E com muito prazer, embora a história em si desperte apenas decepção e asco contra a natureza de certos humanos que fazem parte do nosso caminho. O desagradável é nos darmos conta de que tem muita gente com esse comportamento aproveitador da fé e fragilidades alheias!
    Disseram-me para não ter raiva, que faz mal à saúde, mas o que sinto com esses acontecimentos é exatamente muita raiva!
    Você foi uma lady em apenas ouvir!
    Parabéns, pelo comportamento e, claro, pelo texto muito bom!
    Bjssssssssssss, quérida, Deua a abençoa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cléa, que bom que você está bem! Bem-vinda, novamente, e inteirinha.
      É verdade, dizem que raiva, mágoas, estresse causam danos a saúde, mas... não depende de nós, como não se revoltar com tal atitude? Se fosse comigo, não sei não, amiga... acho que não manteria a 'postura'.
      Grande beijo, saudades de você.

      Excluir
  18. estes sao os pequenos tiranos,,,,pequenos em tudo mas com capacidade de tratar um irmao como objeto especifico de seus imteresses....e nao adianta mentir tudo mundo ja conviveu com esta gente e ate se esforcou em ter afinidade,,,,,parece magnetico nosso interesse em sofrer e ser prejudicado........mas enfim chega uma hora que ocorre o despertar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos passamos e em algum momento poderemos repetir a dose. Só nos resta ficarmos em alerta, sempre. Infelizmente é assim.
      Obrigada pela presença, Ricardo.
      Volte sempre.

      Excluir
  19. Boa noite querida Tais..
    primeiro que não vejo como apartamento.. vejo um apertamento e o máximo que se vê é pessoa na janela fumando ou tomando uma ceva..
    aqui não muito longe de casa ergueram um..
    ficamos na nossa area sentados nas mesas conversando e observando..
    um tomando cerveja no pequeno espaço que tem.. o pessoal da cobertura nem se fala..
    vivem olhando pra baixo rsrs
    deviam olhar para o céu rsrs
    ficam mais perto da beleza das estrelas e do luar rsrs
    mas tão lá futricando todos os cantos..
    sei de muita gente que não troca uma casa por apartamento.. meu pai é um.. e eu vou para o mesmo caminho.. adoro mexer na terra.. plantar alface.. colher umas coisas boas..
    plantei aqueles chuchus pequenos.. que é pra conserva.. puts rsrs aquilo lá tomou conta..
    um matagal quase rsrs e sem falar nas formiguinhas que vem de brinde quando se vai tirar os mesmos né.. aquelas pragas..
    mas vamos ao caso acima né...
    como tem gente assim.. que se aproveita de uma pessoa necessitada e mais honesta.. acham que sempre estão por cima da carne seca.. que podem tudo, que pisam em todos..
    é como a ação na bolsa de valores.. gente assim vai lá investe digamos 1 milhão numa petrobras da vida e termina usando o prédio só pra cometer suicido por ter visto o dinheiro virar pó..
    quem passa para trás recebe o troco.. sempre foi assim..
    por falar na petrobras rsrs
    uma cerveja vale mais que uma ação da mesma rss
    uma cera malte cai bem srs
    pena que uma vez era 6 conto srrs estão pedindo 10 reais a mesma rsrs
    se vai assim a única coisa que se vai poder beber é agua de chuva né rsrs
    beijos e até sempre amiga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Báh, você imaginou um apartamento com um paredão ao lado? Abre a janela e... Mas tem uma coisa que você não pensou na comparação de casa e apartamento: a sua cidade e Porto Alegre! É diferente, aqui tem o perigo que não tem aí! Tanto é que muitos apartamentos aqui são mais valorizados do que casa. Quando eu era adolescente (faz tempo rs), morávamos em casa, uma delícia, meu pai achava que não iria se adaptar em ap. E casa dava um trabalho muito grande: quando termina de limpar dentro, tem de limpar fora. Mas resolveram se mudar. Meus pais adoraram!!! Mas se eu morasse na Serra, jamais seria ap e sim uma casa com espaço para plantar etc. Você mora num paraíso, seu moço! Não sabe da insegurança daqui...
      Beijos, até sempre! rs

      Excluir
    2. Báh, você imaginou um apartamento com um paredão ao lado? Abre a janela e... Mas tem uma coisa que você não pensou na comparação de casa e apartamento: a sua cidade e Porto Alegre! É diferente, aqui tem o perigo que não tem aí! Tanto é que muitos apartamentos aqui são mais valorizados do que casa. Quando eu era adolescente (faz tempo rs), morávamos em casa, uma delícia, meu pai achava que não iria se adaptar em ap. E casa dava um trabalho muito grande: quando termina de limpar dentro, tem de limpar fora. Mas resolveram se mudar. Meus pais adoraram!!! Mas se eu morasse na Serra, jamais seria ap e sim uma casa com espaço para plantar etc. Você mora num paraíso, seu moço! Não sabe da insegurança daqui...
      Beijos, até sempre! rs

      Excluir

SUA ATENÇÃO...

1 - Agradeço os comentários dos queridos leitores e amigos, sempre Bem-vindos!

2- Comentários ANÔNIMOS não são postados. Assine.

Um abraço a todos!
Taís Luso