13 de julho de 2019

NOSSO INVERNO NO SUL



        - Taís Luso 


Se existe um lugar  que as pessoas são  sempre amáveis, que não há divergências, esse  lugar é o elevador do nosso prédio: é Bom dia, Boa tarde, dá licença, até logo, muito obrigada... O único assunto é o frio e o calor,  e  todos concordam sempre. 
É unanimidade.

 — Bom dia, que frio, que coisa de louco, né vizinha? 
 — É... estou saindo para comprar pinhão, quentão e pantufas de lã - Até mais!
Dizem que há mais de 40 anos não tínhamos, aqui no sul do Brasil, um inverno tão frio, com dias tão melancólicos. O Brasil é um país tropical, e no sul onde há inverno,  sempre foi ameno, apesar do verão nos derrubar. É um nocaute na gauchada desprevenida.
Mas eu mudei de opinião, é como se fosse uma renovação, uma descoberta. Sim, podemos mudar de gostos, de ideias, de atitudes e de opiniões. Sempre notei, em muitas pessoas, um certo orgulho em carregar a mesma opinião por décadas, até o último suspiro. É mais uma 'boa' que sigo antes do juízo final; o mundo muda, tudo muda, eu mudei e ponto:  não gosto mais! O clima frio é um pouco sofrido. Ou muito.
É a primeira vez que não suporto um frio fora da medida. O que havia aqui, em Porto Alegre,  era uma meia-estação. Um inverno desmoralizado, com dias agradáveis de bastante sol e luz. E com uma temperatura até agradável. Do verão já não digo a mesma coisa – pega fogo!
O frio é muito desagradável, nos deixa engavetados e sem ação. Quem gosta de frio são os turistas que vão embora no terceiro dia, sem muitas delongas. Vão à Serra, brincam com a neve, fazem os seus bonequinhos e voltam  ao hotel, para o calor da lareira, onde um belo vinho com fondue de chocolate os esperam. Eles vêm de todos os lugares, loucos para verem neve! Tudo é festa do lado de dentro da vidraça, pois lá fora neva:
Olha que maravilha a neve branquinha!!
—  Tá bom... vai  lá fora, querida, fica 30 minutos por lá!!...
No verão tudo vira, e a natureza nos mostra o quanto é difícil o equilíbrio, e nos presenteia com 38, 40 graus: um soco na boca do estômago! Nem ela é perfeita.
Mas estamos aqui assistindo os documentários do inverno no Canadá, nos EUA, na Europa, Rússia e nos países mais gelados ou congelados do planeta! Eta gente de coragem! Ver isso é recarregar as baterias e alimentar o espírito de otimismo para termos a sensação de estarmos numa primavera permanente; sim, sabemos que moramos num país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza, mas... ah, deixa pra lá!
A primavera vem aí ... E ficarei feliz novamente!



____________//____________



56 comentários:

  1. Somos aqui no Sul sobreviventes... De uma hora com calor de 36 graus ,passamos após uma chuvinha para um frio de ranguear cusco como tivemos na semana! Foi terrível e, parece, depois desse novo "veranico" de dois dias, teremos mais e mais... Não vejo a hora das férias !!! beijos, lindo fds! chica

    ResponderExcluir
  2. Lembrei agora: não sei se viste a querida reportagem da Giane Guerra,da nossa ZH, fez uma constatação: com o friozão que fez, no supermercado baixou o consumo de sabonetes,rs...Estaremos indo pro rumo de novos CASCÕES?rsrs

    ResponderExcluir
  3. Eso es lo principal, amiga Tais, que sepamos adaptarnos a las inclemencias del tiempo, porque él no se va a adaptar a nosotros!

    Abrazo.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Taís!
    Que sorte a sua em ter pessoas que a cumprimentam,aqui no condominio em que resido,é bem diferente,salvo alguns.
    Eu também não gosto do frio,me sinto mal e acho que não conseguiria morar no Sul do País.
    Bjs e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  5. Frio, Tais?~

    nem ao meu maior inimigo eu desejo que "morra de frio"!...
    até nos meus " ódios de estimação" sou caloroso! rss

    para si, minha amiga, desejo uma Primavera permanente na sua vida!
    amei a crónica!

    cálido abraço

    ResponderExcluir
  6. Isso deve ser só o começo...As alterações climáticas estão aí.
    Não se queixe já...... pois o pior vem a caminho.
    Veja o que já está acontecendo em todo o mundo....Dramático.
    Temos de ser mais amistosos com os vizinhos,mesmo fora do elevador....
    È verdade Taís. As novas gerações é que vão sofrer muito.
    Um Bom fim de semana.
    Abraço

    ResponderExcluir
  7. Sobre el tiempo siempre es un tema recurrente en el ascensor. Y el quejarnos o por el calor o el frío es algo natural.

    Saludos.

    ResponderExcluir
  8. Boa noite Tais.

    Amiga, em 2016 passei 20 dias em Porto Alegre e no mês de Agosto exatamente ao lado do Cafe Andradas, confesso que me deliciei com o frio de 12 graus, morei em Poços de Caldas e peguei -4, adorava, sou uma nordestina desnaturalizada, gosto do frio do Sul e do sudeste, morei 14 anos no Rio mas o calor não me agrada e aqui em João Pessoa temos clima um pouco ameno.Nosso Brasil é eclético.. kkkk

    Bom domingo extensivo à uma ótima e abençoada semana.

    Bjss querida flor!

    ResponderExcluir
  9. Oi Tais! Menina confesso que não sou muito ressistente ao frio e quando chega o calor parece que sofro mais que todo mundo. Enfim, Brasil tropical e bonito por natureza! Moro praticamente em BElo Horizonte e o clima daqui é muito provilegiado por causa das montanhas.
    Grande beijo. Feliz noite de sábado.

    ResponderExcluir
  10. Boa nova semana de muita paz, querida amiga Tais!
    Vou partilhar meu inverno aqui no sudeste: um frio dentro de casa de meia de la e 2 edredóns a noite ate o amanhecer onde o sol faz brilhar o mar e as praias turisticas estao cheias com direito ate a picole...
    Que contraste, querida!
    Ainda outra, levei 5 dias da semana para arejar as roupas de frio e ele foi embora no horario em que saio, rs...
    Pelo menos, arrumei doacao.
    Gostei da sua abordagem sobre vizinhos... Bem real. Mas os sorrisos e gentilezas sao agradaveis. Por hora nao me deixaram em saia justa de coisas com as quais eu tivesse que concordar em nome da pilitica da boa vizinhanca chata.
    Tenha dias menos fríos!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, tem um mimo floral e um pensamento para Voce aqui:

      http://espiritual-amizade.blogspot.com/2019/07/o-balsamo-da-amizade-fiel.html

      Tenha um dia feliz!
      Bjm carinhoso e ftaterno de paz e bem

      Excluir
  11. Uma delícia te ler! Menina até eu que moro em Santos SP onde inverno é apenas chuva e no máximo 18 a 20 graus, este ano foi triste, desceu muito a temperatura e perto de praia os ventos gelavam, mas perto de vocês nem posso reclamar aqui chegou 12 graus e quase morri imagina aí! Tem razão a primavera é o ideal! bjos linda

    ResponderExcluir
  12. Mas os invernos na Europa também não são os invernos de antes.A natureza enlouquecia nunca mais podemos patinar no gelo natural.Imagine nunca mais vimos flores de gelo nas janelas
    beijos

    ResponderExcluir
  13. Estoy acostumbrada a que me miren mal cuando digo que me gusta el verano caluroso que tenemos por aquí. Para mucha gente es una estación horrible, que les hace sudar y estar continuamente cansados.
    Pero para mí, desde niña, es la estación de la dicha y no me importa que a veces me hayan comparado con una lagartija, feliz bajo la luz. Aunque jamás me tumbe al sol sin protección, me siento como una batería cargándose de energía.
    Sea el clima que tengas, Tais, te deseo un mes dichoso.

    ResponderExcluir
  14. Por aqui o TEMPO já não é igual e temos de nos adaptar!
    Bj

    ResponderExcluir
  15. Querida Vizinha/Escritora, Taís Luso !
    Nada falta nessa Terra, nem as quatro estações !
    O orgulho gaúcho é incomparável, e medido na régua
    fina da cultura !
    Maravilhosa crônica, Amiga. Parabens !
    Uma ótima semana e um fraternal abraço.
    Sinval.


    ResponderExcluir
  16. Bons países que têm Primavera e se calhar também têm Outono...
    Aqui por Portugal há muito que deixamos de ter essa estações Resta-nos um Verão/Inverno e um Inverno/Verão. E eu que tanto gostava da Primavera...

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde querida Taís.
    Vem pra cá com o Pedro amiga. Seram bem recebidos. Aqui em Salvador nunca é frio constante. É mas calor. Andou chovendo mas mesmo assim Santy dorme com o ar ligado. Ontem eu perguntei a ela se queria congelar rsrs. Também não gosto muito de frio. Tem vezes que o nosso quarto fica frio como centro cirúrgico rsrs. Ontem desliguei o ar e ela nem percebeu rsrs. Dizem que só basta se cobrir. Mas sabemos que mesmo sobre edredom sentimos frio. Sua postagem me fez lembrar de uma tragédia. Um casal morreu com uma criança junto ao acender uma churrasqueira no quarto para aquecer. Só vi comentários julgando. É estranho. Mas quem sabe não foi mesmo para se aquecer. Uma linda semana mas quentinha para vocês. Lembrança ao Pedro. Enorme abraço.

    ResponderExcluir
  18. Nos aqui em Nimes estamos com mt calor ate ja chegou a 46 graus foi demais possa agora mesmo esta 35 de ste ano esta a ser mt mas bom o que fazer adorei este post bjs

    ResponderExcluir
  19. Prefiro o frio ao calor sufocante do Rio de Janeiro, mas o frio faz com que nossas dores aumentem. Gosto mesmo é quando o inverno vem manso, dias ensolarados e noites com friozinho. Somos, de certa forma, abençoados pela natureza. bjs

    ResponderExcluir
  20. Oi Taís,
    Fui duas vezes ao Sul, a temperatura quente e nos banhávamos ao mar; viajei muito por esse "brasilzão", hoje estou enjaulada dentro de casa.
    Assim é a vida, quem não fez hoje se arrepende.
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  21. Olá amiga Taís!
    Que testo maravilhoso!
    Eu também não gosto do Inverno; para alem do frio...
    deixa-me muito deprimida!
    Nós agora estamos no Verão!
    Tempo de férias, de praia, das festinhas da Aldeia,
    é uma época muito agradável:)!
    Um grande beijinho com meu carinho, de paz e bem.
    Tenham uma feliz e abençoada semana, abraço fraterno!

    ResponderExcluir
  22. Querida Taís

    Sempre trazendo temas com que nos sentimos identificados, precisamente porque fazem parte do quotidiano. Então, não é mesmo? O elevador, aquele espaço sem espaço onde pousar os olhos, sem espaço para fugir a quem nos incomoda e não queremos confessar; olhamos para um tecto sem horizontes, remexemo-nos, segundos que parecem eternidade, mas lá temos de dizer alguma coisa sem nos comprometermos, e, lá está, o clima é a melhor saída.

    Gostei muito desta sua crónica, minha amiga.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderExcluir
  23. Mais uma das suas crónicas, tão cheia de interesse. Eu também detesto o frio e o excesso de calor. Gosto de temperaturas amenas. Gostei do elevador do seu prédio onde as pessoas são sempre amáveis…
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  24. Oi Tais! Sempre gostei muito de calor, literalmente torrava ao sol!
    De uns anos para cá apesar de ainda gostar, o calor me derruba, me cansa, saio para o mercado e já volto esgotada, sem disposição. Enfim, estou aprendendo a gostar mais do frio e olha que aqui é sem lareira, ar condicionado, aquecedor...Mas tem a boa e velha bolsa de água quente para aquecer os pés antes de dormir.
    Quanto ao papo de vizinhança...melhor ficar assim mesmo, falando sobre as mudanças climáticas, sem muita intimidade, isso raramente dá certo.
    Adorei sua crônica, leve e criativa!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  25. Taís, minha querida, hoje em dia com as "Redes Sociais" (que deixa as pessoas em suas zonas de conforto), a maioria delas enfia a cara no celular e nem nos "elevadores da vida" estão mais dando bom dia. Preferem trocar "memes" na web de dia feliz... "SEXTOU!"... Com gente que nunca vai conhecer. É a triste conclusão... Se tem 5 mil amigos no Facebook e não se conhece o vizinho de porta. Por isso gosto de blogs, pois, ainda existe vida inteligente por aqui.
    Carinhosos beijos para ti e saudações ao teu esposo Pedro.
    Até a próxima...
    Douglas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Douglas, seja bem-vindo aqui!!
      É verdade, 5 mil amigos no Facebook e deu! Pura verdade, ainda bem que não tenho Facebook. Meu chão são os blogs, com vida inteligente, muito boa essa. Gostei do teu blog, divertido e inteligente, andei por outras postagens.
      Até a próxima!
      Beijo e uma ótima semana.

      Excluir
  26. Oi Taís belas observações em sua cronica sobre comportamentos e mudanças climáticas. Até Salvador sentiu um frio diferente e para nós que nem roupas de frio temos, a coisa foi chata mesmo e ainda assim, vi estes personagens buscando viagens para o Sul, neste estranho desejo de ver e tocar em neve.Eu gelo só de pensar e confesso que não me adapto mais ao frio, o que me afasta de Minas neste período.
    Mas quando entrar Setembro a POA se veste de coloridos variados e aí sim a festa agrada e os olhos agradecem e se inspiram.
    Bela semana para você e Pedro que vou logo visitar.
    Em tempo inspirei numa cronica sua e esbocei um poema, que devo postar esta semana, fala daquelas mulheres num bar na tela de Picasso. Eu lhe aviso amiga.
    Beijo de paz amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Toninho, sim, me avise sobre o poema, quero ver!
      Sim, "Quando a primavera chegar"... de Tim Maia, lembras? Que linda!
      Estou aguardando, a estação mais linda do mundo.
      Beijo, amigo, obrigada, bons dias pela frente.

      Excluir
  27. Un poco del frío que os osbra, nos vendría bien por el sur de España, aquí estamos en pleno verano.

    Besos

    ResponderExcluir
  28. Hoje é só para dar conta do meu regresso à blogosfera.

    ResponderExcluir
  29. Agora sim, querida Tais, a tua crónica «pegou fogo", capaz de aquecer um inverno rigoroso.
    Por aqui o verão está virando inverno. Talvez este ano festejemos o Natal na praia.
    (Já passei muitos, no meu outro país...).
    Enfim, enquanto houver bobos "donos do mundo" a não levar a sério o aquecimento global, brinquemos nós, para não chorar.
    Hoje deixo-te um beijo... caloroso!!!
    (Parabéns minha amiga artista/cronista, pelos mais de 5 milhões de visualizações do blogue "Das Artes". É obra!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estiveste no Das Artes? rsss, obrigada, Alegria!
      Já estou entrando nos Documentários de Portugal no inverno... depois te conto rs.
      Falamos...
      Um beijo para essa minha amigona querida, do coração.

      Excluir
  30. Querida Amiga.
    Fui ver o vosso tempo na 'net', a verdade é que estais com temperaturas que nós temos na primavera... No inverno, nós temos menos 10º do que vós... A sensação térmica é, de facto, muito relativa.
    Nós estamos com um verão ameno, morninho muito especial, com janelas abertas... Não me lembro de um verão tão fresco.
    Um Amigo de S Salvador diz que está a descansar o ar condicionado...
    Será que o nosso planeta arrefeceu? Jesus, Maria, José!! Sorrsssss...
    Gostei da crónica, a começar pela conversa de elevador. Possibilitou trocas de ideias e desabafos...
    Um abraço bem caloroso...
    ~~~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida Majo, agora aqui está 8 graus (1/2 dia). Tem feito nas madrugadas 3, 4 graus, depois vai subindo. Salvador fica no nordeste brasileiro, sempre verão, eles não têm roupas de inverno rsss.
      No sul, principalmente na parte serrana, o clima é outro. Porto Alegre não fica na Serra, graças a Deus. Mas faz frio, um friozinho meio desmoralizado, mas dá pra se enrolar, chocolate quente, quentão, toca na cabeça para sair... Mas esse ano está mais intenso, muitos dias de frio. Não é muito bom. Quando fui na Alemanha (por 2 meses) a meia-estação de lá correspondia ao nosso inverno. Deu para levar numa boa, caso contrário não estaria viva! rss
      Beijo, amiga!

      Excluir
  31. Passando para atualizar minha presença no nosso mundo virtual. AbraçO!

    ResponderExcluir
  32. Uma deliciosa crônica sobre os invernos de Porto Alegre e de algumas cidades da serra gaúcha (com clima muito parecido com a serra catarinense e também a paranaense. É assim todo o Sul do nosso país. Também eu gosto muito mais da Primavera e do Outono, com o clima ameno que tem essas estações, sem falar nas cores das praças da cidade, no primeiro caso (Primavera) as flores na berlinda com suas lindas cores, no segundo caso (Outono) mudam os tons das cores, mas também são de grande beleza.
    Parabéns Taís pela exclente crônica, como tantas outras de tua autoria, que te colocam, no meu entender, entre os melhores cronistas do nosso Estado, onde a crônica florece com nomes de grande importância.
    Um beijinho daqui do escritório.
    Pedro

    ResponderExcluir
  33. O tempo anda estranho mesmo! Aqui em Portugal, estamos passando por um Verão praticamente inexistente...
    Aqui onde moro, apenas um dia de calor de ananases... quase de 40 graus, que baixou para metade, no dia a seguir... nos demais dias, temperaturas demasiado frescas para a época... há quase uma semana, que estou mergulhada em dias nublados... e nos últimos dois dias, sopra uma ventania adoidada... o tempo perdeu completamente o padrão habitual...
    No ano passado em Outubro, fomos atingidos pela primeira tempestade tropical de que há memória... e no ano anterior outra passou ao lado do território português, ainda que os seus fortes ventos se fizessem sentir, e ajudado a propagar os incêndios de Pedrogão que fizeram tantas vitimas...
    Tudo está mudando mesmo, em termos de clima... só que o padrão se perdeu!... Este ano, estou contando que o calor a sério quando chegar, permaneça até final de Outubro...
    Tudo está mudando mesmo, Tais... a questão... é que a gente, já nem sabe ao certo, o que vem a seguir... o calendário diz uma coisa... mas o tempo não corresponde!...
    Mas enfim!... As alterações climáticas são convenientes... calotes polares a derreter, deixando minérios de grande valor à vista... por isso... não admira que digam que as alterações climáticas são produto da nossa imaginação... quem as sente, não é mesmo?...
    Adorei a crónica, Tais, enfatizando que a mudança... é a coisa mais certa, que podemos mesmo esperar!...
    Um beijinho grande! Votos de uma feliz semana... mais quentinha por aí... e por aqui... ao mesmo tempo? Como é possível? Este mundo endoidou mesmo, por tudo quanto é hemisfério...
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana, sim, pegou a todos aqui de surpresa, até fica engraçado como nos queixamos! 'Muito mais frio' é no sul do Estado e na Serra (ao norte) mas não aqui na capital e imediações. Mas estamos aprendendo a lidar com essas diferenças climáticas. Estou vendo que não é só aqui!! Aí são férias de verão, aqui o mês de julho é férias de inverno, menor tempo, 1 mês.
      Beijinho, querida, lindos dias para você aí!

      Excluir
  34. Yo me cambiaría por la temperatura que vosotros tenéis en Porto Alegre.
    Seguramente debido al cambio climático, los veranos en esta tierra castellana se están haciendo insoportables, el otro día hemos tenido 44 grados y ahí seguro que no pasáis de 35 en verano.
    De los inviernos mejor no hablar, nos helamos muchas veces, si tiendes la ropa mojada al aire, se puede quedar como una bacalada, está completamente tiese, helada-
    Si llueve, y luego hiela, los charcos aparecen con una película de hielo, en fin, en esta tierra no hay término medio, o te hielas o te asas ¡bendito aire acondicionado!
    Ha sido un placer volverte a leer, he pasado mucho tiempo alejada del blog y ahora que he vuelto, agradezco mucho el que no te hayas olvidado de mí.Muchas gracias.
    Cariños.
    kasioles

    ResponderExcluir
  35. Boa noite!
    Hoje senti saudade de visitar os amigos e as amigas blogueiras. Ando um pouco afastada das visitas, a saúde não anda muito legal, mas com fé em Deus estou superando. Nada grave, só a tendinite que me prejudica teclar.

    Certo dia,
    Passou uma criança e achou que aquela flor era parecida com ela: bonita, mas sozinha.
    Decidiu voltar todos os dias.
    Um dia regou, outro dia trouxe terra, outro dia podou, depois fez um canteiro, colocou adubo...
    Um mês depois, lá onde tinha só pedras e uma flor, havia um jardim!..."

    Assim se cultiva uma amizade
    E como nem sempre a distância nos
    permite cultivar as amizades como gostaríamos, espero que esta mensagem possa ser um pouquinho de adubo, para que a nossa amizade nunca morra por falta de cultivo.
    Parabéns pelo post, sempre com bom gosto e criatividade com suas belas crônicas amiga.
    Tenha um fim de semana feliz e abençoado. Beijo no coração.


    ResponderExcluir
  36. O calor é mais suportável, acredito; tem chuva, e alguns parcos rios onde os menos afortunados podem se refrescar. Agora, o frio judia demais do desabrigado. beijos

    ResponderExcluir
  37. Taís, querida amiga! Frio no Rio de Janeiro dura duas semanas! Fondue de chocolate? O camarada é capaz de botar a alma para fora! O Rio Grande é outro mundo. Sabe, às vezes penso que todo brasileiro gostaria de ser gaúcho, e morar aí. Linda, a sua crônica!
    Beijo

    ResponderExcluir
  38. Tais o sul do Brasil, pelo que julgo saber, tem clima parecida com o de Lisboa ou do sul de Portugal. Não sabia era de nevar aí, no centro sul de Portugal é muito raro acontecer. Outrossim nas cidades a norte, o normal do Inverno e haver temperaturas negativas, havendo cidades que, vistas no meio de nevões, parecem parecem cidades fantasmas. As casas já são construídas, moldadas a essas temperaturas e nos sentimos bem no Inverno. Um dia almocei num restaurante da cidade da Guarda, onde ia pela primeira vez. Qual não foi o meu espanto de no principio de Setembro, já haver lareira acesa?
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Daniel, em Porto Alegre e cidades ao redor não neva, o inverno é menos frio; onde neva são nas cidades da Serra; basta o frio em temperatura baixa e com uma umidade alta. Isso não falta na região sul do Brasil. Mas não é o caso de Porto Alegre. Nos estados Rio Grande do Sul e Santa Catarina estão encravadas, entre montanhas, as cidades consideradas as mais frias do país: São Joaquim (SC), Urubici (SC) e São José dos Ausentes (RS), dentre outras cidades que fazem divisa com essas, como Bom Jesus (RS), Urupema (SC), Bom Jardim da Serra (SC) e Cambará do Sul (RS),
      Beijo, amigo, um bom fim de semana.

      Excluir
  39. Boa tarde, querida amiga Taís,
    é o sul está de amargar, aqui o frio está judiando de muita gente.
    Também não gosto do frio, mas precisamos passar por ele. Meu falecido pai sempre dizia:- No inverno o frio precisa ser forte, com grandes geadas para matar tudo que não presta, os mosquitos, os pernilongos enfim tudo que afeta a nossa saúde. Mas eu sempre retrucava, mas pai, o frio mata a gente também.E, hoje sabemos que mata mesmo. Acho graça dos turistas que viajam para ver e sentir frio. Falta pouco para o frio ir embora. Tais, suas crônicas são maravilhosas, por que você não publica um livro com elas. Daria uma obra maravilhosa. Fica a dica. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marli querida, muito obrigada pelo carinho do teu elogio. Tenho várias crônicas em 8 coletâneas e em revistas (na guia acima). Gosto muito de escrever para a Internet, nela somos mais lidos do que em livros, é o que penso, e também o que pensam muitos outros.

      Beijo, querida amiga!

      Excluir
  40. Que incrivel conhecer alguem do Sul por aqui...
    Seu jeito de escrever é tão quentinho... Bom!!!
    Parabens por isso.

    Acabei de te seguir para estar acompanhando.

    juliamodelodemodelo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então seja bem-vinda ao blog, Júlia, fico muito contente em ter aqui uma nova amiga. Vou conhecer teu blog.
      Um beijo e um ótimo fim de semana!

      Excluir
  41. Bem relatas os sentimentos da gente. Frio, é frio. Quente é quente, mas ninguém parece satisfeito com o que nos vem. Já lá vão os tempos em que haviam quatro Estações bem marcadinhas no Calendário. Nos dias de hoje temos as quatro Estações ao longo de um só dia. Não sabemos onde "isto" vai parar... ou acabamos por sermos nós a parar.

    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
  42. OI TAÍS!
    NÃO GOSTO DE INVERNO!!!! E PONTO.
    AMIGA, SEI QUE NOSSO VERÃO NÃO É FÁCIL MAS, MESMO ASSIM EU O PREFIRO, PARA MIM É SINÔNIMO DE SOL, VIDA, LUZ, PRAIA, SORVETE KKK
    ADOREI TUA CRÔNICA.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  43. O tempo anda estranho mesmo.
    O clima mudou.
    Acho que aqui em Portugal já nem temos estações, quando vem frio ou calor vem tudo descontrolado.
    Gostei muito da sua crónica queria Tais.
    Muito obrigadapelas visitas.
    Beijinhos
    :)

    ResponderExcluir
  44. Tais,
    Eu gosto das estações cada uma a seu tempo,
    esse ano temos.
    Entretanto me dou muito mal com o frio,
    meu metabolismo funciona lentamente.
    É uma época que produzo muito pouco.
    Adorei sua publicação.
    Feliz e produtiva nova semana pra
    nós.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
  45. Boa tarde de domingo querida amiga Tais!
    Amei ler sua crônica, como todas, muito bem escritas!
    Gosto de frio daqui de Sampa, não muito, mas andou esfriando por alguns dias e muito, inverno atípico que estamos tendo, bem mais pra quente.
    Achei gostoso ler sobre os turistas, deve ser divertido ver que eles curtem o frio de forma bem diferente de vocês, pois não estão se expondo tanto quanto os que moram por ai!
    Eu fujo, tanto do frio intenso quanto do calor nas mesmas proporções, clima temperado ainda vai, portanto estou esperando ansiosa pela primavera!
    Nosso verão paulistano também é bom, dá pra curtir piscinas e praias, enfim...
    Brasil é mesmo uma imensidão, tem de tudo, frio intenso no Sul, calor demais no Nordeste e Norte, acho mesmo que a amenidade está no Sudeste.
    Abraços apertados querida amiga, sempre leio por aqui com muito prazer, parabéns pelas belas crônicas!

    ResponderExcluir
  46. Olá, Tais!
    Uma bela crónica, de ideias arrumadas, que sabe sempre bem ler; muito elucidativa e enquadrada com os destemperos climáticos, cada vez mais díspares e acentuados.
    A fotografia de Porto Alegre, com que nos brinda nesta sua partilha de hoje, é lindíssima.
    Bom resto de semana.

    ResponderExcluir
  47. Boa tarde Taís,
    Pois é o tempo anda do avesso!
    Aqui verão e no litoral o tempo está frio. Temperaturas abaixo da média para a época, embora no interior do País as temperaturas estejam bem altas,
    Que fazer?
    Não tarda outono e os dias pequeninos...
    Um beijinho.
    Ailime

    ResponderExcluir

AOS AMIGOS

Muito obrigada por deixar seu comentário, se necessário for, deixarei resposta a alguma pergunta.
Abraços a todos
Taís