20 de novembro de 2007

ARTE: O BARROCO

obra de Taís Luso / com folha de ouro



-por Taís Luso de Carvalho



Há muitos anos dedico-me à pintura Barroca, especificamente aos santos, no qual busco transmitir a exuberância própria da época. Meu objetivo é transmitir emoção através de traços que possam dar esperança, conforto e ternura.  

Mais do que um estilo artístico, o barroco expressou um modo de ser na literatura, na música, na arquitetura e nas artes em geral.

No Brasil os mestres maiores da arte sacra foram Aleijadinho e Mestre Ataíde, onde suas obras, consideradas as mais belas do país, despontaram com maior encanto a partir de 1766.

A arte barroca nasceu no início do século XVII, na Itália, estendendo-se por toda a Europa e América do sul onde se desenvolveu durante o século XVIII e meados do século XIX.

Com o crescimento do Protestantismo a igreja católica promove, então, a busca de fiéis, o movimento da contra-reforma usando o estilo barroco como o principal instrumento de afirmação e crença da fé cristã.

As descobertas de terras brasileiras por Portugal e Espanha deram chance aos jesuítas de implantarem no Brasil o trabalho de doutrinação, sendo estes, atuantes da contra-reforma.

A exuberância e o luxo das formas eram próprios do estilo barroco. A arquitetura dos primeiros templos, e de peças construtivas, eram trazidas de Portugal.

O pioneiro desta arte, torneada, ousada e cheia de rebuscamentos luxuosos foi o italiano F. Barromini no século XVII. O barroco mostrou-se não só nas artes propriamente dita, mas também na literatura e na música. O ponto alto eram os detalhes. Tudo estava de acordo com as aspirações da época, pois a soberania européia aspirava por um estilo que exaltasse seus reinos, demonstrando com isso, todo o poder que tinham.

O barroco foi o estilo que sucedeu ao Renascimento na Europa, mas chegou ao Brasil um século depois. No nordeste brasileiro foi introduzido um pouco mais cedo, pela segunda metade de 1600.

Chegou aqui no regime colonial, no reino dos Bragança, no século XVIII e princípio de XIX, caindo antes da Independência do Brasil.

Há muitos anos venho me dedicando a esta arte desenvolvendo várias técnicas, com pouco envelhecimento para que o estilo Barroco conserve as características do luxo e da beleza, mantendo em minhas imagens as feições delicadas e singelas, como eram originalmente as Imagens Sacras.

Ver mais sobre o assunto no índice do meu blog Das Artes.
Matéria postada aqui em 2007.

por Tais luso   (clique abaixo)
Matérias e fotos no blog Das Artes

6 comentários:

  1. mui bom
    tava precisandu realmente
    d um assunto sobre o barroco!
    bj

    ResponderExcluir
  2. legal, mais eu queria algo um pouco mas direto ao ponto do que é o barroco...não consigo entender direito...o barroco é uma arte que...de...!!!Que arte essa.preciso de ajudaaa! sei que vai ler essa mensagem me ajuda?

    ResponderExcluir
  3. Olá, Belinha, no meu blog Das Artes você encontrará matérias sobre a arte barroca. Deixo aqui alguns links:

    http://taislc.blogspot.com/2008/09/o-barroco-e-igreja-catlica.html

    http://taislc.blogspot.com/2008/11/arte-sacra-santos.html

    http://taislc.blogspot.com/2008/09/barroco-no-brasil.html

    http://taislc.blogspot.com/2008/11/tcnica-da-pintura-de-santos-barrocos.html

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. "A arte barroca e seus notáveis contrastes, nos remete á explosão da contradição religiosa, que a partir daí fica bipartida e ganha força no protestantismo de Martinho Lutero"...Tais quanto entro neste teu blog é como se estivesse adentrando num santuário...Estou aqui toda arrepiada,teu talento e sensibilidade são incontestáveis...

    ResponderExcluir
  5. Anônimo21:38

    Olá, gostaria de saber qual o nome dessas santas que aparecem na página.

    ResponderExcluir
  6. Caro Anônimo:
    As imagens são:
    Mãe de Deus, Nossa Senhora Desatadora dos Nós e Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

    Mais abaixo:
    Sagrado Coração de Jesus, São Miguel e Nossa Senhora da Conceição.

    Tais

    ResponderExcluir

SUA ATENÇÃO...

1 - Agradeço os comentários dos queridos leitores e amigos, sempre Bem-vindos!

2- Comentários ANÔNIMOS não são postados. Assine.

Um abraço a todos!
Taís Luso